Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia

Curva perigosa da rodovia MA-006 contabiliza mais um grave acidente

Imagem: José Bonifácio/GP1Mais(Imagem:José Bonifácio/GP1)A maioria desses acidentes acontece em função do grande fluxo de carretas e à falta de estrutura da rodovia MA-006
O número de acidentes contabilizados na rodovia MA-006, que corta o Maranhão de norte a sul, sempre assusta os condutores que fazem o trajeto Balsas/Tasso Fragoso/Alto Parnaíba. A maioria deles acontece devido ao fluxo de carretas e à falta de estrutura da estrada.

No final da tarde da última quinta-feira (15), por volta das 16h30, a “rodovia da morte” contabilizou mais um grave acidente envolvendo carretas. O caminhão Volvo FH, de placas OCQ-9424/CE, que transportava milho em grãos procedente da Fazenda Pequena Holanda, município de Alto Parnaíba (MA), com destino à cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará, capotou na curva dos Caracóis, a cerca de 20 quilômetros da zona urbana de Tasso Fragoso (MA), no sentido Alto Parnaíba/Balsas.

Imagem: José Bonifácio/GP1Mais de (Imagem:José Bonifácio/GP1)Milho produzido no cerrado maranhense, que se destinava a granjas de Fortaleza, se estragando na beira da estrada
Imagem: José Bonifácio/GP1Carreta(Imagem:José Bonifácio/GP1)Apesar da gravidade do acidente, o motorista identificado pelo nome de Hernandes, 42 anos, sofreu apenas arranhões
Mais de 30 toneladas de milho, grãos produzidos no cerrado maranhense e que objetivavam alimentar frangos em granjas cearenses, estão se estragando ao lado da estrada.

A parte da frente e os trens da carreta ficaram parcialmente danificados, já que apenas emborcou. Felizmente, o condutor do veículo, identificado apenas pelo nome de Hernandes, de 42 anos de idade e natural de Fortaleza (CE), sofreu somente escoriações (arranhões). Uma perícia técnica deve ter sido feita no local para identificar a causa desse acidente.

Imagem: José Bonifácio/GP1A cruz(Imagem:José Bonifácio/GP1)A cruz logo na frente da carreta virada diz que vários acidentes com vítimas fatais já ocorreram na curva dos Caracóis
Diante da situação, que chega a ser caótica, reafirmamos o que temos publicado aqui no Portal GP1/Blog do José Bonifácio: a MA-006 é uma rodovia estadual, sendo, portanto, responsabilidade civil do Governo do Maranhão. Portanto, mais uma vez apelamos aos políticos e às autoridades legalmente constituídas, em especial dos municípios de Alto Parnaíba, Tasso Fragoso e Balsas, no sentido de que cobrem da governadora Roseana Sarney as correções que se fizerem necessárias nessa estrada, que possui um traçado ultrapassado, com curvas e inclinações inadequadas para os veículos modernos.

Keywords: milho, fortaleza, alto parnaíba, acidentes, caminhão, roseana sarney, carretas, cerrado, estrada, volvo, balsas, tasso fragoso, ma-006, curva dos caracóis


Escrito por José Bonifácio em 16/11/2012 às 23h46
Atualizada em 17/11/2012 - 08h29

Leia mais no blog do(a) José Bonifácio

Avalie:
Média de avaliações:
0 votos
Comente esta reportagem
Comentário
Escreva aqui seu comentário
De onde você é?
Escolha um Estado
Escolha sua Cidade
Quem é você?
Informe o seu Nome
Informe o seu E-mail!

Comentários (1)

  • Luciano Araldi, Alto Parnaíba-MA disse:
    Deixado em 17/11/2012 às 09h29

    É preocupante a quantia e gravidade dos acidentes, mais acidentes graves acontecerão senão forem tomadas medidas urgente. Com a construção da nova BR 235 que liga Alto Parnaíba - MA / Santa Filomena- PI/ Gilbués - PI/Corrente -PI e consequentemente a Capital Brasília pelo sul maranhense e piauiense, o transito da MA 006 irá triplicar e junto os acidentes, devido a curvas perigosas, falta de sinalização e acostamento. Lembrando qu oe em 2013 praticamente será inaugurada a nova rodovia no Sul Piauiense, o tempo está curto e as providências precisam ser tomadas urgente.

busca no blog

arquivo