Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia

Polícia suspeita que chacina é resultado de guerra entre gangues de Teresina e Timon

A Polícia suspeita que a chacina ocorrida na madrugada de sábado para domingo no Portal da Alegria, em Teresina, onde três pessoas foram encontradas mortas a tiros, é uma execução impiedosa de membros de alguma quadrilha de traficantes como acerto de contas. Sara Jakeline Sousa Monteiro, de 17 anos, seu irmão Eduardo Fernandes Sousa Monteiro, de 14, e o ex-mototaxista Alexandre Gomes de Sousa moravam em Timon. Os dois primeiros no bairro Cidade Nova e o terceiro na rua Formosa, bairro São Benedito. O delegado de homicídios de Timon, Ricardo Erlon, levantou há alguns dias que existe uma guerra declarada entre uma gangue da zona sul de Teresina e outra de Timon que já resultou em várias mortes. A Polícia informou que Jakeline já tinha comparecido há alguns dias ao IML de Teresina para fazer exame como vítima de atentado à bala.

Recentemente, membros de uma gangue da zona sul de Teresina foram a Timon para buscar uma encomenda de crack feita junto a outro grupo da vizinha cidade e acabaram sendo emboscados. Houve um tiroteio sem precedentes e alguns membros da quadrilha de Teresina só escaparam porque se refugiaram em casas das imediações. O veículo em que andavam ficou crivado de balas.

De acordo com informações obtidas no meio da tarde deste domingo (4), as três pessoas assassinadas sairam de Timon ainda no sábado, dia 3, em duas motocicletas. Numa delas, viajavam a menor Sara Jakeline e o ex-mototaxista Alexandre e, na outra, o irmão da garota, Eduardo Fernandes, que andava na moto do pai.

Depois disso, as informações são desencontradas. A mãe de Sara e Eduardo disse neste domingo, às 15 horas, às portas do IML, no centro de Teresina, que "meus filhos foram levados para o cheiro do queijo". A mãe do ex-mototaxista, muito mais tranquila, também se encontra esperando a liberação do corpo

Keywords: teresina, domingo, timon, mototaxista


Escrito por Feitosa Costa em 04/03/2012 às 20h15
Atualizada em 04/03/2012 - 21h15

Leia mais no blog do(a) Feitosa Costa

Avalie:
Média de avaliações:
0 votos
Comente esta reportagem
Comentário
Escreva aqui seu comentário
De onde você é?
Escolha um Estado
Escolha sua Cidade
Quem é você?
Informe o seu Nome
Informe o seu E-mail!

Comentários (0)

  • Não há comentários nesta notícia

busca no blog

arquivo