Procurador recomenda anulação do concurso da Eletrobras-PI por conter várias irregularidades

O procurador da república Alexandre Assunção e Silva, do Ministério Público Federal no Piauí, expediu recomendação em que pede a anulação do concurso da Eletrobras Distribuição Piauí. As provas foram aplicadas no dia 10 de novembro em vários colégios de Teresina.

Imagem: Foto: ReproduçãoClique para ampliarEletrobras Piauí, antiga Cepisa, ameaça cortar luz dos inadimplentes(Imagem:Foto: Reprodução)Eletrobras Piauí
O procedimento foi instaurado após a Notícia de Fato acerca de irregularidades na aplicação das provas do concurso público organizado pela EPL Concursos para o provimento de cargos na Eletrobrás Distribuição Piauí que consta da referida Notícia de Fato ata assinada por quatorze candidatos afirmando que, passado o horário previsto para início da realização da prova (14h00), os cadernos de prova ainda não haviam chegado ao local, qual seja, CEB Professor James Azevedo, Rua Alto Longá, nº 5090, Bairro Alegre, Teresina/PI;

Consta também que dos autos boletim de ocorrência nº100107.002344/2013-32 noticiando o mesmo fato e ressaltando que os portões teriam sido abertos apenas às 14h10 e que até as 15h45 as provas não haviam sido entregues, e ainda representação com 80 assinaturas de candidatos que realizariam as provas na Unidade Escolar Álvaro Ferreira, afirmando que não havia sinalização, nem listas de frequências dos candidatos e que a responsável pelo concurso, Magda Gonçalves, chegou com os malotes apenas às 15h00 com a explicação que teria se perdido na cidade.

E mais, que consta dos autos manifestação nº 16859 informando que, contrariando o edital do concurso, na Unidade Escolar Darcy Araújo, localizada na Av. Nossa Senhora de Fátima, s/n, Bairro de Fátima, os portões só foram abertos às 13h40; após o início das provas candidatos saíram antes de decorrido o tempo mínimo de uma hora e os três últimos candidatos a realizar a prova não saíram junto da sala.

De acordo ainda com o representante do MPF, o teor do ofício nº 051/2013, no qual a EPL Concurso reconhece que houve atraso de 40 (quarenta) minutos na entrega dos malotes de provas da Unidade Escolar Álvaro Ferreira e “faltou” um malote de provas da sala 09 da CEB Professor James Azevedo. A EPL CONCURSOS sequer entregou os cadernos de prova no horário devido e controlou os malotes de prova, é grande a probabilidade que provas tenham sido extraviadas fraudando o referido certame.

O ofício nº 323/2013-PR/PI-GAB/AA é do dia 03 de dezembro de 2013.

Voltar para a home

Link do texto:

Procurador recomenda anulação do concurso da Eletrobras-PI por conter várias irregularidades
http://www.gp1.com.br/colunistas/procurador-recomenda-anulacao-do-concurso-da-eletrobras-pi-por-conter-varias-irregularidades-327972.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.

Sobre o autor

Rauristênio Bezerra é jornalista, economista e advogado. Contato: (86) 99407 2208

busca

Arquivo