Professores marcharão para a ALEPI contra a proposta do Governo

Os trabalhadores em educação no Piauí realizarão amanhã (14) uma grande manifestação para protestar contra a proposta indecente do Governo do Estado que quer acabar com a gratificação  de regência dos professores e se recusa a cumprir a lei do Piso Nacional da Categoria . Os trabalhadores farão uma caminhada do Palácio de Karnak  até à Assembleia Legislativa. A manifestação Visa alertar a sociedade piauiense sobre a luta dos professores pela implantação do piso nacional e pressionar os parlamentares a não votarem a proposta do governo.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarSecretário de educação, Átila Lira(Imagem:Divulgação)Secretário de educação, Átila Lira

O projeto de lei pronto para ser encaminhado aos deputados na Assembleia Legislativa,  onde termina de retirar o único direito que resta  entre as gratificações que existiam no plano anterior - a regência dos professores.

Durante a caminhada, os professores farão o protesto no dia em que  inicia a greve nacional em defesa do Piso. A concentração será às 9 horas em frente ao Palácio do Karnak, seguindo pela avenida Frei Serafim até a Assembleia Legislativa do Piauí onde os deputados serão procurados um a um para que tomem conhecimento das reais intenções do Governo.

"Os trabalhadores em educação vão pedir aos deputados que não aprovem a proposta que Wilson Martins mandará  para Assembleia Legislativa, pois ela acaba com a gratificação de regência, uma das principais conquistas da categoria. Essa é a hora dos deputados demonstrarem de fato se tem compromisso com a educação," acrescentou Júlio Morais, presidente do Sinte, núcleo de Altos.

Mais conteúdo sobre:
Voltar para a home

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do GP1.


Sobre o autor

Notícias de Altos - PI

Arquivo

    VEJA MAIS