Piauí - Teresina

Acusado de abusar de crianças é preso na vila Santa Bárbara

“Quando chegamos lá, por volta das dez horas, encontramos preservativos, crack e dinheiro. As crianças ainda estavam dormindo, e foram acordados com a nossa chegada", afirmou o capitão Welditon.

PRISCILA CALDAS

Um homem identificado apenas por Rogério, e conhecido por “Lorrane”, de 20 anos de idade, foi preso em flagrante acusado de ter abusado de duas crianças do sexo masculino, uma de 11 anos e outra de 12, na rua São Miguel, vila Santa Bárbara, zona leste de Teresina. A prisão aconteceu por volta das dez horas desta quarta-feira (30).

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Central de Flagrantes de Teresina Piauí Central de Flagrantes de Teresina Piauí

A ocorrência foi atendida pelo 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Tanto o acusado, como as crianças foram conduzidos para a Central de Flagrantes de Teresina. O Conselho Tutelar da zona leste já foi comunicado do fato, e as mães das duas crianças já foram localizadas.

“Quando chegamos lá, por volta das dez horas, encontramos preservativos, crack e dinheiro. As crianças ainda estavam dormindo, e foram acordados com a nossa chegada. A pessoa presa mora em uma quitinete. O dono do local ficou sabendo que houve uma confusão durante à noite de ontem (29) e por isso nos acionou”, disse o capitão Welditon em entrevista ao GP1.

“Nós procuramos a mãe do menino de 11 anos, ela se negou a vim na Central de Flagrantes, e afirmou que a criança havia sumido ontem (29) à noite. Ela falou que o filho é um menor problemático e que o pai é quem estava tomando de conta. Eu disse para ela vim, se não seria presa”, finalizou o policial militar. 

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Acusado de abusar de crianças é preso na vila Santa Bárbara
http://www.gp1.com.br/noticias/acusado-de-abusar-de-criancas-e-preso-na-vila-santa-barbara-405209.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.