Piauí - Teresina

Acusado é preso por comandar crimes de dentro da Irmão Guido

Segundo explicou o delegado Laércio Evangelista, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), João de Deus já cumpria pena por integrar uma organização criminosa.

BRUNA VELOSO

- atualizado

Um homem identificado por João de Deus Vieira de Sousa, conhecido por Joãozinho do Gelo Polar, de 33 anos, foi preso dentro da Penitenciária Irmão Guido, acusado de estar comandando crimes fora da penitenciária por meio do uso de um aparelho celular.

Segundo explicou o delegado Laércio Evangelista, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO), João de Deus já cumpria pena por integrar uma organização criminosa. “Ele é integrante de uma quadrilha de organização criminosa de assalto a bancos e estava cumprindo pena. Ele estava usando telefone celular dentro da penitenciária e planejando novos crimes”, disse.

  • Foto: Divulgação/PCJoão de Deus Vieira de SousaJoão de Deus Vieira de Sousa

O delegado disse ainda que a prisão foi feita dentro da própria penitenciária e que isso acarretará no acúmulo de crimes que o acusado terá que responder. “Foi feito o cumprimento do mandado de prisão dentro da própria penitenciária e ele permanece no local com mais um crime para ele responder. De tráfico e de organização criminosa”, explicou.


MAIS NA WEB