Piauí - Teresina

Adolescentes de 15 e 16 anos são executados em Teresina

As mortes serão investigadas pela equipe da Delegacia de Homicídios, sob coordenação do delegado Barêtta.

RAFAEL GALVÃO E BRUNA VELOSO

- atualizado

Dois homicídios foram registrados na noite dessa sexta-feira (02), um deles na zona norte e o outro na zona leste de Teresina.

Um adolescente identificado como Willame Gomes da Silva, de apenas 16 anos, foi executado com vários tiros na noite dessa sexta-feira (02) no bairro Porenquanto, zona norte de Teresina. A vítima tinha envolvimento com o submundo do crime.

Segundo informações do subtenente Moisés, do 1º Batalhão de Polícia Militar, Willame estava próximo de casa quando foi morto. “Populares disseram que por volta das 21h, dois elementos chegaram em uma moto fan preta e efetuaram vários disparos contra a vítima, que estava nas proximidades de sua residência quando foi atinginda”, contou.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Viatura do 1º Batalhão da Polícia Militar em TeresinaViatura do 1º Batalhão da Polícia Militar

Conforme a Polícia Militar, o adolescente já tinha passagens pela polícia por assaltos e envolvimentos com o tráfico de drogas, o que levanta a suspeita de acerto de contas. O autor dos disparos ainda não foi identificado.

Segundo caso

Um adolescente identificado como Stanley Hian dos Santos, 15 anos, foi morto na noite desta sexta-feira (02) com um tiro no pescoço no povoado Cajaíba, na zona rural de Teresina.

De acordo com informações repassadas pelo titular da Delegacia de Homicídios, delegado Francisco Costa, o Baretta, a vítima estava em uma motocicleta com outro indivíduo, identificado como Tiago, no momento do crime, quando dois homens, também em uma motocicleta, apareceram realizando vários disparos contra a dupla.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Delegado Barêtta Delegado Barêtta

O rapaz morreu ainda no local ao ser atingido com um tiro no pescoço e Tiago se evadiu. Segundo o delegado, existe a suspeita de que a moto que eles utilizavam era roubada, já que eles eram conhecidos por praticarem roubos e assaltos na região.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e aguarda reconhecimento. Os suspeitos de realizarem os disparos ainda não foram identificados pela polícia, que vai investigar o caso.

Mais conteúdo sobre: