Piauí - Teresina

Águas de Teresina inicia obra para interligar rede no Angelim

São aproximadamente 630 metros de rede, que sairá do Angelim até a Vila Irmã Dulce, com o objetivo de ampliar a oferta de água na região.

A Águas de Teresina iniciou uma interligação na rede de abastecimento no bairro Angelim, zona sul da capital, e que beneficiará várias comunidades no entorno. A intervenção faz parte do plano de ações emergenciais para minimizar os impactos do B-R-O Bró, período mais quente do ano na cidade, especialmente em bairros que historicamente apresentam problemas crônicos de falta d’água.

São aproximadamente 630 metros de rede, que sairá do Angelim até a Vila Irmã Dulce, com o objetivo de ampliar a oferta de água na região. Na semana passada, uma interligação à rede de maior diâmetro já foi feita no mesmo bairro para equalizar a pressão da água, fazendo com que regiões mais altas não tenham problema de abastecimento.

  • Foto: Divulgação/AscomÁguas TeresinaÁguas Teresina

O Angelim integra a lista dos 14 bairros que serão atendidos pelo plano de ações emergenciais da Águas de Teresina. As intervenções variam desde a construção de adutoras, perfuração e reativação de poços, interligações de redes, instalação de novos equipamentos até manobras operacionais no sistema de distribuição.

Os demais bairros atendidos pelo plano emergencial são: Residencial Eduardo Costa, Residencial Orgulho do Piauí, Jacinta Andrade, Santa Maria da Codipi, Morada Nova, Alto da Ressurreição, Dirceu Arcoverde, Esplanada, Portal da Alegria, Parque Sul, Vila Meio Norte, Planalto Uruguai, Jóquei Clube.

Uma obra para interligar a rede já existente no Residencial Eduardo Costa ao macro sistema de abastecimento de Teresina foi realizada beneficiando também moradores do Residencial Orgulho do Piauí. No total, são mais de 7,2 mil pessoas atendidas nos dois bairros.

Outras ações, como ajustes de operações em bairros como Jockey Clube, Morada Nova e Planalto Uruguai também foram executadas. São intervenções a curto, médio e longo prazo para universalizar o abastecimento de água na capital.

Com investimentos de R$ 1,7 bilhão - sendo R$ 650 milhões nos primeiros cinco anos -, a Águas de Teresina está trabalhando para melhorar a qualidade de vida dos teresinenses.

Mais conteúdo sobre: