Piauí - Teresina

Assaltante de carro é preso durante Operação Acossar em Teresina

De acordo com o Cadena, cinco mandados de buscas foram cumpridos na zona sul da Capital.

THAIS SOUZA E THAIS GUIMARÃES

- atualizado

A Polícia Interestadual do Piauí (Polinter) deflagrou na manhã dessa sexta-feira (04) a Operação Acossar, e deu cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de Wilson da Silva Barreto, vulgo “Nego Wilson”, de 30 anos. Ele é acusado de envolvimento em roubos de carros e em tráfico de drogas. A prisão foi realizada na casa do acusado, na Vila Santa Cruz, localizada na zona sul de Teresina.

De acordo com o coordenador da Polinter, delegado Cadena Junior, faz um mês que metade da quadrilha de Nego Wilson foi presa. “Houve um roubo de uma Savero, mas conseguimos localizar ela na frente do Centro Administrativo, e ‘lá’ houve uma confusão com um uber, pois o uber bateu na viatura da PM [Polícia Militar] e foi nesse momento que ele [Wilson] fugiu. Nego Wilson estava com um revólver, e estava sequestrando o uber”, disse.

  • Foto: Brunno Suênio/GP1Delegado Cadena participou das diligênciasDelegado Cadena participou das diligências

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, três na região do Lourival Parente e Parque Piauí. “Durante o cumprimento desses mandados foi conduzido Francisco Brendo Mendes do Nascimento, pois encontram drogas na casa dele. Ainda faltam duas pessoas para serem presas”, finalizou o Cadena. O coordenador da Polinter informou ainda que o nome da Operação significa perseguir sem desistir.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Luciano AlcântaraLuciano Alcântara

O delegado da Polinter, Luciano Alcântara, afirmou que Nego Wilson está respondendo por associação criminosa, crime de roubo e corrupção de menores. "Ele era o líder e aliciava menores. Ele juntava pessoas, alugava um veículo, pegava uma arma e passava para os comparças, para que eles fizerem os roubos", disse. "A informação que temos em relação a ele é que ele cometeu vários homicídios e também a questão do porte ilegal da arma de fogo.Mas ele também está sendo investigado por tráfico de intorpecentes", completou.

Mais conteúdo sobre: