Piauí - Piripiri

Assaltante é assassinado com três tiros no município de Piripiri

A Polícia investiga a possibilidade de se tratar de um crime passional e a esposa de Bacuri é a principal suspeita pelo crime.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O homicida e assaltante Luís Augusto Lima, mais conhecido como “Bacuri”, foi assassinado com três tiros na cabeça na terça-feira (19) no município de Piripiri. A Polícia investiga a possibilidade de se tratar de um crime passional e a esposa de Bacuri é a principal suspeita pelo crime.

Bacuri estava sendo procurado pela polícia após tentar matar um vigilante no início desse mês em Piripiri. O corpo foi encontrado por moradores na localidade Rampa da Bananeira, localizada próxima a BR 343. Segundo informações do comandante da Polícia Militar de Piripiri, tenente-coronel Erisvaldo Viana, a vítima era bastante conhecida no município.

“A vítima é um conhecido assaltante, traficante, homicida da cidade de Piripiri conhecido como Bacuri. Inclusive há 15 dias ele tentou matar um vigilante aqui da cidade e desde então a gente estava em diligências com o intuito de prendê-lo, mas ele estava vivendo como bicho, enfiado no mato, por isso não tínhamos conseguido prendê-lo ainda”, explicou.

O comandante afirmou que Diana, esposa de Bacuri, tentou no início dessa semana matar a amante do marido que foi alvejada com dois tiros. Logo após o crime ela fugiu e a polícia acredita que após a tentativa de homicídio, Diana foi atrás do marido e cometeu o assassinato.

“Anteontem a mulher dele, por ciúme, tentou matar a amante do marido. E aí ontem por volta das 10h eles devem ter se encontrado e acreditamos que o crime tenha sido passional. A própria mulher dele teria desferido três tiros de revólver 32 na cabeça dele. Esse é um dos pontos que estamos investigando e estamos saindo em diligência para localizar a Diana, que tem dois filhos com ele”, afirmou o comandante ao GP1.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB