Mundo

Ataque dos EUA em campo do Estado Islâmico deixa 17 mortos

Estes foram os primeiros ataques anunciados por Washington na Líbia desde a posse de Donald Trump.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O comando americano para África (Africom), disse em comunicado que o Exército dos Estados Unidos realizou seis ataques de precisão visando o grupo Estado Islâmico (EI) na Líbia, matando 17 combatentes extremistas.

De acordo com informações do G1, os bombardeios visaram na sexta-feira um campo do EI, cerca de 240 km a sudeste da cidade de Sirte, na costa do Mediterrâneo. Segundo o comunicado, campo era utilizado pelos combatentes extremistas para lançar operações dentro e fora do país para armazenar armas.

  • Foto: DivulgaçãoEstado IslâmicoEstado Islâmico

O comunicado do comando americano na África não deu muitos detalhes, mas aponta que 17 combatentes do EI foram mortos e três veículos foram destruídos nos ataques de sexta. "Os Estados Unidos buscarão e caçarão esses terroristas, enfraquecerá suas capacidades e perturbará seus planos e operações através de todos os meios apropriados, legais e proporcionais, incluindo ataques de precisão contra suas forças, campos de treinamento terrorista, assim como associações com forças líbias para negar aos terroristas santuários na Líbia".

Mais conteúdo sobre: