Mundo

Atentado a comboio de ônibus deixa pelo menos 100 mortos na Síria

Explosões atingiram comboio de ônibus perto de Alepo.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Ao menos 100 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um atentado com carro-bomba próximo a cidade de Alepo, na Síria. De acordo com a Veja, o ataque atingiu um comboio de ônibus de mais de 5 mil refugiados internos que esperavam para entrar na cidade após terem sido evacuados de locais cerceados pelo regime de Bashar Assad.

A explosão ocorreu na área de Rashidin, nos arredores de Alepo, onde dezenas de ônibus carregando principalmente moradores de vilarejos que estavam sendo evacuados desde sexta-feira (14), e esperavam para entrar na cidade. Segundo a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), dos 100 mortos, 68 eram crianças.

  • Foto: Thiqa News/APAtentado na SíriaAtentado na Síria

Os refugiados estavan sendo transferidos das cidades sitiadas sírias de Madaya, Al Zabadani, Fua e Kefraya, em aplicação de um acordo para pacificar estas localidades. O acordo de evacuação, alcançado no final de março entre o grupo xiita Hezbollah e Irã, aliados do Governo de Bashar Assad, e a facção síria Exército da Conquista, procura pôr fim aos sítios de ambos os lados, da mesma forma que outros pactos similares anteriores.