Política

Bancada Piauiense discorda sobre emendas e reunião é adiada

O deputado Silas Freire (PR) defendeu que as duplicações das BRs de acesso a capital sejam a prioridade, mas os deputados Marcelo Castro (PMDB) e Júlio César (PSD) discordaram.

O clima esquentou durante a reunião da bancada piauiense em Brasília, na tarde desta quarta-feira (05). O motivo do encontro era decidir as prioridades da emenda de bancada para o ano de 2017. A reunião foi adiada em clima acalorado. Tudo aconteceu por que o deputado Silas Freire (PR) defendeu veementemente que as duplicações das BRs de acesso a capital sejam a prioridade, mas os deputados Marcelo Castro (PMDB) e Júlio César (PSD) discordaram.

Silas já havia feito um apelo anterior para a bancada federal piauiense indicar como prioridades a duplicação das BRs 316 e 343 para a Lei de Diretrizes Orçamentárias- LDO e foi atendido. Na ocasião foram eleitas duas prioridades, o porto de Luís Correia e as duplicações das BRs.

Em seguida, o porto de Luís Correia foi descartado por unanimidade por ter problemas de prestação de contas com o Tribunal de Contas da União e esses recursos poderiam até ser perdidos, por isso, permaneceu a opção das duplicações que foi agarrada pelo deputado federal Silas Freire. Silas defende com veemência a duplicação das entradas de Teresina e a alocação de 224 milhões de reais para estas obras.

  • Foto: AscomBancada piauiense reunida em BrasíliaBancada piauiense reunida em Brasília

No entanto, os deputados Marcelo Castro e Júlio César defenderam que essas emendas sejam divididas para a área da saúde e para compra de maquinários para prefeituras, como tratores. Prontamente o deputado Silas Freire rebateu e questionou a eles se pretendiam realmente trocar as duplicações por tratores que muitas vezes são usados para serviço privado. O deputado Silas foi acompanhado pelo senador Ciro Nogueira na defesa das duplicações dos acessos de Teresina, mas não se chegou a um consenso e começou uma discussão.

Silas Freire é coordenador da Frente Parlamentar e iniciou ainda em 2015 um esforço conjunto para concretizar este projeto. Ele argumenta, dentre diversos motivos, que Teresina é a única capital que não tem seus acessos duplicados, além disso, são muitos os perigos de acidentes por ser a segunda maior conturbação de trânsito do país e ainda os transtornos gerados pelos constantes congestionamentos . Por conta dessa convicção, ele tem sido insistente nesse projeto e defende de forma enfática a necessidade da obra.

Dado a essa discussão e algumas ausências, o coordenador da bancada Assis Carvalho resolveu adiar a reunião e a decisão das duas emendas impositivas no valor de 224 milhões para a próxima terça feira (11), pela manhã, com solicitação para a presença do governador do estado, Wellington Dias.


Link do texto:

Bancada Piauiense discorda sobre emendas e reunião é adiada
http://www.gp1.com.br/noticias/bancada-piauiense-discorda-sobre-emendas-e-reuniao-e-adiada-402383.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.