Esportes

Briga entre torcidas deixa sete pessoas feridas em Curitiba

Confusão ocorreu por volta das 8h30 deste domingo (18), próximo ao estádio Couro Pereira, em Curitiba.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Sete pessoas ficaram feridas durante um confronto entre torcedores do Coritiba e doCorinthians por volta das 8h30 deste domingo, em Curitiba, horas antes do confronto entre as duas equipes pelo Campeonato Brasileiro.

O delegado Clóvis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe) chegou a informar que um corintiano teria morrido após dar entrada no Hospital do Trabalhador. Mas Clóvis Galvão voltou atrás e disse ter recebido informação equivocada.

A Secretaria de Saúde do Paraná confirmou na tarde deste domingo que o corinthiano agredido pela torcida do Coritiba, que chegou a ser dado como morto, recebeu alta por volta das 16 horas. Jonathan José Gomes da Silva, de 29 anos, sofreu uma fratura no braço e traumatismo craniano, mas apresentou melhoras após os atendimentos e foi liberado. Ele estava internado no Hospital do Trabalhador junto com outro torcedor do Corinthians agredido, que também recebeu alta.

Segundo o delegado, a briga ocorreu entre as torcidas do Corinthians e do Curitiba. Os feridos foram evados para o Hospital Evangélico de Curitiba, para o Hospital Universitário Cajuru e para o Hospital do Trabalhador. Ainda de acordo com a Guarda Municipal, a briga começou quando dois ônibus da torcida corinthiana passaram pelos arredores do estádio.