Enviar por e-mail

Enviar notícia por e-mail
Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Os comentários serão incluídos na mensagem

Comunicar erros

Comunicar erro na notícia
Informe o seu nome
Informe o seu endereço de e-mail
Descreva o que há de errado com esta notícia
14/06/2012 - 12h35
Rio+20

Caetano Veloso apresenta música inédita no Humanidade 2012

Evento acontece em paralelo à conferência Rio+20, no Rio de Janeiro.

Um dia depois da apresentação da irmã Maria Bethânia no Humanidade 2012, foi a vez de Caetano Veloso cantar e tocar no projeto paralelo à conferência Rio+20. Os mais de 400 felizardos que lotaram o auditório montado no Forte de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, puderam apreciar o músico num show intimista, no esquema "banquinho e violão", que contou com a execução da inédita "O império da lei".

Segundo o próprio cantor, a inspiração para a nova música surgiu a partir do filme “Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios”. Baseado no livro homônimo de Marçal Aquino, o longa tem direção de Beto Brant e Renato Ciasca e é estrelado por Camila Pitanga.

Imagem: Henrique Porto/G1Caetano Veloso durante apresentação no projeto Humanidade 2012, no Forte de Copacabana, no Rio: músico baiano cantou sucessos como 'Você é linda', 'Terra' e 'Leãozinho'(Imagem:Henrique Porto/G1)Caetano Veloso durante apresentação no projeto Humanidade 2012, no Forte de Copacabana, no Rio: músico baiano cantou sucessos como 'Você é linda', 'Terra' e 'Leãozinho'

"Fiquei com vontade de cantar essa música nova por causa do evento e também por ela estar na minha cabeça fortemente. Não a compus para o filme, mas por causa dele. E, apesar de não me sair da cabeça, pode ser que eu não saiba cantá-la direito, justamente porque é nova", brincou o músico, que a dedicou ao cantor, compositor e escritor Jorge Mautner — sentado na primeira fila — depois de repetir o número, para que a plateia pudesse cantar o refrão "O império da lei há de chegar no coração do Pará”.

Foram 21 músicas ao todo, boa parte delas relacionadas aos temas da conferência sobre sustentabilidade que acontece na cidade até o próximo dia 22. Canções como "Luz do sol" ("Céu azul / Que venha até / Onde os pés / Tocam a terra / E a terra inspira / E exala seus azuis"), "Odeio" ("Veio um golfinho do meio do mar roxo / Veio sorrindo pra mim"), "Valsa de uma cidade" ("Vento do mar no meu rosto / E o sol a brilhar, brilhar"), "Terra" ("Terra! Terra! / Por mais distante / O errante navegante / Quem jamais te esqueceria?") e "Um índio" ("E aquilo que nesse momento / Se revelará aos povos / Surpreenderá a todos não por ser exótico / Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto / Quando terá sido o óbvio").

Antes de "Quem vem pra beira do mar", explicou: "Quando cheguei aqui (ao auditório), Bia Lessa (diretora e cenógrafa do Humanidades) avisou para que eu não me assustasse com o baruho das ondas do mar. Na verdade, não estou ouvindo, mas sei que o mar está aí. Mas, quando ela me disse isso, deu vontade de cantar esta música de Dorival Caymmi", disse Caetano, que também cantou canções de Peninha ("Sonhos" e "Sozinho").

No bis, "Sampa" e "Qualquer coisa" encerraram a apresentação gratuita. "Muito obrigado por terem vindo. Fico contente por ver gente", disse.

Novo site
A apresentação de Caetano Veloso no projeto Humanidade 2012 coincidiu com a estreia de seu novo site oficial. Desenvolvida por Fernando Kawasaki, a página faz parte das comemorações pelo aniversário de 70 anos do músico, com fotos do arquivo pessoal, além de vídeos, entrevistas e o blog Fala Caetano, atualizado pela equipe do site e, esporadicamente, pelo próprio artista.

O internauta também pode ouvir toda a obra do baiano tropicalista em streaming, gratuitamente, e comprar álbuns e faixas separadamente por meio da loja virtual iTunes.

Veja abaixo o repertório completo da apresentação de Caetano Veloso no projeto Humanidade 2012:

"Luz do sol"
"Cajuína"
"Odeio"
"Valsa de uma cidade"
"Você é linda"
"Por quem?"
"Desde que o samba é samba"
"O império da lei"
"Terra"
"Quem vem pra beira do mar"
"Trilhos urbanos"
"Coração vagabundo"
"Um índio"
"Nosso estranho amor"
"Sonhos"
"O leãozinho"
"Sozinho"
"Força estranha"
"Luz de Tieta"

BIS
"Sampa"
"Qualquer coisa"

Fonte: G1

Keywords: show, apresentaçao, caetano veloso, rio+20, humanidade 2012, projeto humanidade


Saiba mais sobre Cultura
Avalie:
Média de avaliações:
0 votos
Comente esta reportagem
Comentário
Escreva aqui seu comentário
De onde você é?
Escolha um Estado
Escolha sua Cidade
Quem é você?
Informe o seu Nome
Informe o seu E-mail!

Comentários (0)

  • Não há comentários nesta notícia

Publicidade

tempo real


Publicidade