Piauí - Fartura do Piauí

Câmara de Fartura aprova subsídio de R$ 11 mil para prefeito

Apesar desses valores estabelecidos, todo ano poderá ser realizada uma revisão onde será levada em consideração o índice do governo federal.

BÁRBARA RODRIGUES

A Câmara Municipal de Fartura do Piauí aprovou os novos subsídios para os agentes políticos do município, como o prefeito, o vice-prefeitos, os secretários municipais e o dos vereadores para o mandato de 2017 a 2020.

O subsídio será pago mensalmente em uma parcela única, onde o novo prefeito eleito Laênio Rommel Rodrigues Macêdo (PSD), mais conhecido como Dr. Laênio, receberá R$ 11 mil, e o vice-prefeito Ariel Neves (PP) ganhará R$ 5.500 mil, e os novos secretários R$ 2.400 mil.

Apesar desses valores estabelecidos, todo ano poderá ser realizada uma revisão onde será levada em consideração o índice do governo federal. Além disso, fica determinado que para esses cargos, é vedado acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação  ou qualquer outro tipo de renumeração. A lei foi aprovada dia 26 de setembro.

Já em relação aos vereadores, foi aprovado uma outra lei, onde estabelece que o subsídio ficará de R$ 2.400 mil, os que irão integrar a Mesa Diretora da Câmara Municipal receberão R$ 2.760 mil e o novo presidente vai receber um valor bem maior, R$ 3.600 mil. A lei entrará em vigor no dia 1º de 2017.


Link do texto:

Câmara de Fartura aprova subsídio de R$ 11 mil para prefeito
http://www.gp1.com.br/noticias/camara-de-fartura-aprova-subsidio-de-r-11-mil-para-prefeito-402529.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.