Piauí

Candidato comemora classificação no concurso da PM do Piauí

Ele comemorou ao descobrir que está entre os classificados no concurso para atuar na cidade de Floriano.

BÁRBARA RODRIGUES E BRUNNO SUÊNIO

- atualizado

Francisco José Leocadio dos Anjos, de 27 anos, esteve no Núcleo de Concursos e Promoções de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) na manhã dessa terça-feira (25), para acompanhar adivulgação do resultadoda prova objetiva do concurso da Polícia Militar do Piauí.

Ele comemorou ao descobrir que está entre os classificados no concurso para atuar na cidade de Floriano e explicou que trabalhou no Exército e tinha o desejo de voltar a atuar na vida militar. “Fui militar durante oito anos no Exército, saí em 2016 e sempre gostei dessa vida militar e esperava voltar para ela o mais rápido possível. Passei um ano fora dessa carreira por falta de concurso. Tenho 27 anos e essa era a minha última oportunidade no Piauí. Comecei a estudar de verdade desde o edital. Foram quatro meses estudando de noite e de madrugada, sempre recebendo o apoio da esposa e agora deu certo”, afirmou ao GP1.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Francisco dos AnjosFrancisco dos Anjos

O candidato explicou que o fato da primeira ter sido anulada, acabou lhe dando mais vontade de estudar. “A princípio não tinha muita expectativas [com o concurso], mas comecei a estudar a através de preparatórios online, não fiz nenhum presencial, sempre que tinha alguma revisão ou algum aulão eu participava. Então fui fazendo isso. Com a anulação da primeira prova, deu um desânimo, mas sabia que isso iria acontecer com outras pessoas, então criei mais força para estudar mais e mais. Fui tranquilo e consciente esperando bons resultados”, disse o candidato.

Próxima etapa

O presidente do Nucepe, Pedro Soares, explicou que a próxima fase é a realização de exames médicos e alertou que os candidatos precisam fazer eles o mais rápido possível, já que do dia 8 a 14 de setembro acontece a entrega.

“A próxima etapa é de exames de saúde, os candidatos devem cuidar para realizarem logo os exames de saúde, pois alguns demoram a serem feitos, como o toxicológico que é feito fora do estado, e quem não entregar no prazo, de 8 a 14 de agosto, ficará de fora. Nesse concurso são 400 vagas e na lista temos 480, onde temos 80 classificados, exatamente porque alguns acabam ficando nessas etapas”, explicou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Pedro SoaresPedro Soares