Piauí - Picos

Candidatos a prefeito de Picos gastaram mais de meio milhão

Durante a campanha eleitoral os quatro candidatos a prefeito de Picos, juntos, gastaram R$ 509.932,21.

JOSÉ MARIA BARROS

Dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontam que, juntos, os quatro candidatos a prefeito de Picos nas eleições deste ano gastaram R$ 509.932,21 em suas campanhas. O prazo para finalização da prestação de contas encerrou no dia 1º de novembro e os eleitos que não o fizeram, não poderão ser diplomados.

Em razão de mudanças na legislação eleitoral, este ano os candidatos tiveram um limite menor de gastos nas eleições. Em Picos, por exemplo, os postulantes ao cargo de prefeito não poderiam ultrapassar o teto de R$ 310.429,40.

O prefeito reeleito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), foi quem mais gastou na campanha eleitoral deste ano. O petista declarou à justiça eleitoral que recebeu R$ 274.800,00 entre doações de pessoas físicas e gastou R$ 247.500,00, o que representa 90,07% do que arrecadou.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Padre Walmir vai convocar veradores e suplentes para o secretariadoPadre Walmir

Segundo o candidato, seus maiores gastos foram com serviços prestados por terceiros e publicidade por materiais impressos. Quem fez a doação mais expressiva para a campanha do Padre Walmir foi o empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PSD), no valor de 65 mil reais, o equivalente 23,65% do total recebido.

Logo depois vem o candidato que ficou em segundo lugar na disputa, empresário Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (PP). Ele declarou ter recebido entre doações de pessoas físicas, de partidos e recursos próprios o valor de R$ 228.517,48 e gastado R$ 205.967,48, percentual de 90,04%.

  • Foto: José Maria Barros/Gp1Gil Paraibano diz que encara resultado com naturalidadeGil Paraibano 

De acordo com a prestação de contas de Gil Paraibano (PP), seus maiores gastos foram com serviços prestados por terceiros, publicidade por adesivos e produção de programas de rádio. A maior doação para a campanha do ex-prefeito partiu do diretório estadual do Partido Progressista (PP), com uma soma de 100 mil reais, o que representa 43,67%.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Júnior Nobre afirma que  acredita em uma viradaJúnior Nobre 

O terceiro colocado na disputa, Júnior Nobre (PSC), disse que arrecadou R$ 39.240,00 e gastou R$ 35.190,81. Gilvan Gomes, que foi o último colocado com apenas 255 votos, ou 0,61% dos votos válidos, informou que arrecadou R$ 2.600,00 e gastou R$ 2.100,00, equivalente a 80,77% dos recursos recebidos.

  • Foto: José Maria Barros/GP1Gilvan GomesGilvan Gomes

Link do texto:

Candidatos a prefeito de Picos gastaram mais de meio milhão
http://www.gp1.com.br/noticias/candidatos-a-prefeito-de-picos-gastaram-mais-de-meio-milhao-404305.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.