Política

Ciro Gomes diz que prefere Bolsonaro a Doria na presidência

Ex-ministro chamou o prefeito de São Paulo de “farsante”.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Ciro Gomes (PDT) bateu boca publicamente com o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), neste sábado (18). O ex-ministro chamou Doria de “farsante” e disse que votaria em Jair Bolsonaro em uma hipotética disputa contra o empresário tucano.

“Prefiro mil vezes, discordando de tudo como eu discordo do Bolsonaro, um cara como ele do que um farsante como o Doria. Se apresentar como ‘não político’ tendo sido chefe da Embratur no governo Sarney e tendo enriquecido bastante fortemente com dinheiro público dos governos do PSDB. Você tem obrigação de informar os seus leitores com isso. Isso é grave”, afirmou o ex-ministro, em convenção do PDT.

  • Foto: Facebook/Ciro GomesCiro Gomes Ciro Gomes

Ciro disse ainda sentir “vergonha” da gestão de Doria que, segundo ele, é baseada em “factoides e papo furado”.  Na entrevista, Ciro também disparou contra o presidente Michel Temer (PMDB), a quem chamou de “canalha”. “Esse governo está propondo tudo contra o povo. E eles querem isso aí. Por quê? Porque está no meio da Lava Jato. Esse é um governo de canalhas, isso afirmo categoricamente, chefiado por um canalha, um governo de canalha, de ladrões, de marginais que conheço há mil anos”, afirmou.

De acordo com informações do Estadão, João Doria rebateu as declarações horas depois. “Ciro Gomes, além de desrespeitoso com a população de São Paulo, confirma sua instabilidade emocional e desequilíbrio político”, disse o prefeito por meio de sua assessoria.

Mais conteúdo sobre: