Entretenimento

Como fazer um bom churrasco - Parte4

Quanta carne devo comprar, será que vai faltar? Queimei a carne! Questões que trataremos agora.

ROMERO FORTUNATO -GP1
Internet e livros

- atualizado

 Continuando o nosso tema, trataremos de um assunto importantissimo para um bom resultado do seu churrasco. Boa leitura!

Imagem: ReproduçãoClique para ampliarChurrasco misto(Imagem:Reprodução)Churrasco misto
Como preparar um bom churrasco- Parte 04
(Como calcular a quantidade de carne e como assar)
Para uma boa organização do seu churrasco é importante, lembrar de todos os detalhes com antecedência. A quantidade de pessoas é a primeira delas. Depois a quantidade de carne e a churrasqueira ideal para o evento. Quanto tempo terá para os preparativos? Quem são os convidados, jovens ou pessoas de mais idade? Só homens ou casais? Só mulheres? Será que os convidados virão acompanhados de mais alguém?
Para que seu churrasco sai perfeito, devemos considerar todas estas questões.

Como calcular as de quantidades de carne?
Calcular a quantidade de carne para churrasco é muitas vezes um problema. Ou compramos em excesso ou pagamos o mico de faltar carne no meio da festa.

Calcule assim:
Para um churrasco simples, com um único tipo de carne

Ex: picanha e maminha... ou uma destas sozinha

• Carne sem osso - calcule 400g por pessoa.

• Carne com osso – calcule 800g por pessoa (perda de 50%)

Para um churrasco variado, com muitas opções de carne

Ex: picanha + frango + costeleta + coração + linguiça
Quanto maior a variedade de carnes a serem servidas, maior deve ser a quantidade por tipo, para evitar o risco de faltar.

Como calcular um churrasco variado:
• Carne sem osso 200g

• Embutidos 100g

• Carnes com osso 200g (o rendimento das carnes com osso é calculado pela metade 50%)

Total = 400g de carne por pessoa (ideal)
Imagem: ReproduçãoPicanha fatiada no ponto(Imagem:Reprodução)Picanha fatiada no ponto
Qual o tempo ideal para a carne ficar no ponto?

Para que possamos responder à pergunta, precisamos levar em conta vários fatores, dentre eles temos que considerar a eficiência da sua churrasqueira, a quantidade de carvão ou lenha e a qualidade dos mesmos, os tipos de carne que escolheu e a qualidade das mesmas, o corte aplicado, do número de espetos, da distância da carne do fogo, se o clima ou o ambiente está quente ou frio, se é feito na grelha ou no espeto...

O tempo de máximo de espera por um churrasco deverá ser de 1h (uma hora)
Portanto, se uma peça de carne inteira leva cerca de 40 minutos para ficar pronta e você tem que começar o churrasco pontualmente às 12h, a carne deverá ir para a grelha no máximo até às 11:15.

Mas se você atrasou a solução é cortá-la em postas, assim o tempo passa a ser de 20 minutos. Uma picanha inteira, usualmente estará pronta em 40 minutos, se fatiada, pode ficar pronta em 20 minutos.

Carnes como as de porco e frango geralmente demoram mais a cozinhar do que a bovina, devendo ser colocadas antes para que possam estar prontas ao mesmo tempo.
Como podemos observar, fazer churrasco é sem dúvida uma arte. O churrasqueiro pode acelerar o processo ou retardar propositadamente algumas preparações. Todo o ritual deverá ser bem planejado para que todo o processo se torne prazeroso, para o executor e os convidados.
Imagem: ReproduçãoClique para ampliarCarnes para churrasco(Imagem:Reprodução)Carnes para churrasco
Qual a melhor maneira de preparar? Em peça ou fatiada?

A apresentação é muito importante. Para conseguir o melhor visual, pode-se assar a carne tanto em peças quanto em postas sem prejudicar o sabor e suculência.

Em peças:

Assar assim é mais fácil, pois requer menos atenção ao ponto de sal e mesmo à temperatura do braseiro: é encher a mão de sal, passar na carne e colocar na grelha. Selar e, depois, já na parte menos quente, esperar que chegue ao ponto.

Em fatias:

Pode-se cortar a carne em postas com 4 a 5 centímetros de espessura. Cortá-la crua é mais fácil, pois é possível identificar melhor o sentido das fibras. As carnes em tamanhos menores deve-se ter muito cuidado a salga.

Devemos assá-las em calor intenso já que o tempo de preparo é bastante reduzido.Cerca de 20 minutos. Quando estiver com uma crosta dourada estará no ponto ideal. Cortá-la será bem mais simples, pois o procedimento já foi feito no sentido certo garantindo uma carne mais macia.

Processo misto:

Você pode também começar a assar uma peça e finalizá-la em fatias

Ex: Coloque uma bela picanha, sem sal, na posição mais quente da churrasqueira e doure por todos os lados. Eleve a posição e deixe dourar a parte mais gordurosa.
Retire do fogo por alguns minutos e corte em fatias de 1 cm; salgue a gosto e retorne à posição mais quente até que fique dourada. Vire uma única vez de cada lado.
Retire o sal e sirva.

Um servido personalizado ficará mais conveniente, elegante e apetitoso. Além da carne já vir fatiada, ficará com uma aparência fantástica, mais macia, e melhor de degustar.

Em nosso próximo encontro falaremos “Como fazer um churrasco para muitas pessoas”. Até lá!


Link do texto:

Como fazer um bom churrasco - Parte4
http://www.gp1.com.br/noticias/como-fazer-um-bom-churrasco-parte4-248060.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.