Entretenimento

Corpo da cantora Eliza Clívia é liberado do IML de Sergipe

O corpo de Eliza será levado para a cidade de Livramento, no interior paraibano e o do marido será velado na capital João Pessoa.

SUYNARA OLIVEIRA

- atualizado

Na manhã deste sábado (17), o corpo da cantora e ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, Eliza Clívia, de 37 anos, foi liberado pelo Instituto Médico Legal de Sergipe (IML) para o sepultamento.

De acordo com o G1, familiares da cantora estiveram no local no início da manhã e agora aguardam a presença de um parente de primeiro grau do marido dela, o baterista Sérgio Ramos, para que o corpo dele seja liberado.

O casal morreu em um acidente de carro na capital sergipana na tarde dessa sexta-feira (16). Eliza, que começou carreira solo há quatro meses, estava em Aracaju para divulgar um show, quando o carro em que ela e mais quatro pessoas estavam colidiu com um ônibus. As outras três pessoas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), onde permanecem internadas.

  • Foto: Reprodução/Instagram/ Eliza ClíviaEliza ClíviaEliza Clívia

Na manhã deste sábado, a assessoria de imprensa do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) atualizou o estado de saúde dos três sobreviventes do acidente. O motorista do veículo Cleberton José dos Santos segue internado em estado grave e respira com a ajuda de aparelhos. Já João Paulo Tavares da Silva e Paulo Teixeira de Carvalho seguem internados em estado estável de saúde, mas sem previsão de alta.

O corpo de Eliza será levado para a cidade de Livramento, no interior paraibano e o do marido será velado na capital João Pessoa, segundo o produtor da cantora, Jailson Souza.

Mais conteúdo sobre: