Piauí - Dom Expedito Lopes

Criança é feita refém pelo próprio padrasto por 3 horas no Piauí

A vítima sofreu um corte na orelha e no pescoço. O corte no pescoço “pegou” sete pontos.

THAIS SOUZA

- atualizado

Uma criança de apenas 10 anos, identificada pelas iniciais T.K.O.S., foi feita refém pelo o próprio padrasto, identificado como José Jasiano de Sousa, de 30 anos, na noite desse sábado (30), por volta das 20h. O fato ocorreu no bairro Moreilândia, localizado na cidade de Dom Expedito Lopes. A criança foi liberada e levada ao hospital com ferimentos.

De acordo com informações repassadas pelo tenente-coronel Edwaldo Viana, comandante da Polícia Militar de Picos, militares de Dom Expedito Lopes entraram em contato com a polícia de Picos pedindo apoio, pois um homem estava com uma faca no pescoço de uma criança e afirmava que iria matá-la. Devido à gravidade da ocorrência, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi solicitada.

  • Foto: Divulgação/ PolíciaMilitarJosé Jasiano de SousaJosé Jasiano de Sousa

A criança foi feita refém por três horas e depois de negociações realizadas com os militares e policiais rodoviários federais, o suspeito resolveu tirar a faca do pescoço da criança. Nesse momento, os policiais arrebentaram a porta da residência e dominaram José Jasiano.

Conforme o comandante Edwaldo Viana, José Jasiano tem passagens pela polícia por roubo e tentativa de homicídio. A criança foi socorrida pela ambulância do SAMU, que acompanhou toda a ocorrência e a encaminhou para o hospital. A vítima sofreu um corte na orelha e no pescoço. O corte no pescoço “pegou” sete pontos. O suspeito foi preso e encaminhado para a delegacia da cidade.