Piauí - Campo Maior

Crianças realizam sonho de andar de avião em Campo Maior

O momento foi realizado na Pista de Pouso da Fazenda Carnaíba, no bairro Fripisa.

  • Foto: Divulgação/Ascom Crianças realizam o sonho de andar de aviãoCrianças realizam o sonho de andar de avião

Nesta quarta-feira (12) o prefeito Paulo Martins juntamente com o empresário Abimael proporcionaram a realização de um sonho para muitas crianças campo-maiorenses, andar de avião, algumas delas pela primeira vez.

O momento foi realizado na Pista de Pouso da Fazenda Carnaíba, no bairro Fripisa. Duas aeronaves monomotor com pilotos experientes e habilitados fizeram diversos voos com inúmeras crianças para comemorar o dia delas.

As crianças deram depoimento da sensação de voar pela primeira vez. “Achei muito bom. Quero agradecer ao prefeito Paulo Martins e a todos que patrocinaram esse voo e que tenha mais vezes”, comentou João Victor. Maria Aparecida ficou com medo, mas gostou da experiência. “Senti medo, achei que ia cair, mas foi bom. Gostei!”, disse.

Major Etevaldo, Comandante da Polícia Militar de Campo Maior, frisou que é um momento importante para as crianças carentes que são atendidas pelo Pelotão Mirim. O Prefeito Paulo Martins falou que só teve oportunidade de voar pela primeira vez aos 36 anos de idade. “Nós estamos promovendo esse dia especial para as crianças conhecer o avião e sobrevoar”. Durante o evento foi realizado homenagens ao prefeito, ao comandante da PM e aos pilotos.

Ainda neste Dia das Crianças o prefeito liberou os 20 brinquedos do Parque de Diversões São José que está na Praça do Açude de Campo Maior de 17h às 20h para as crianças brincarem sem pagar nada.


Link do texto:

Crianças realizam sonho de andar de avião em Campo Maior
http://www.gp1.com.br/noticias/criancas-realizam-sonho-de-andar-de-aviao-em-campo-maior-402755.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.