Política

Cunha pede para trocar testemunhas de defesa na Lava Jato

Advogados protocolaram o pedido no sistema da Justiça nesta sexta-feira (11).

NAYRANA MEIRELES

Os advogados do ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pediram ao juiz Sérgio Moro para substituir duas testemunhas de defesa que tinham sido apresentadas por ele no processo que responde na Operação Lava Jato. A petição foi protocolada na noite desta sexta-feira (11).

A defesa solicitou que o ex-ministro Guido Mantega, que está preso em Curitiba, e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sejam ouvidos no lugar do ex-gerente da Petrobras, Pedro Augusto Cortes Xavier Bastos, e do ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha.

  • Foto: Dirceu Portugal/Estadão ConteúdoEduardo Cunha Eduardo Cunha

Os advogados disseram que o pedido foi alterado devido à dificuldade de localização das testemunhas escolhidas anteriormente. De acordo com informações do G1, Até a manhã deste sábado (12), o juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato em primeira instância, ainda não havia se manifestado sobre o pedido.

Eduardo Cunha também chamou o presidente Michel Temer (PMDB), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro Henrique Alves (PMDB-RJ) para se apresentarem como testemunhas de defesa do mesmo processo.


Link do texto:

Cunha pede para trocar testemunhas de defesa na Lava Jato
http://www.gp1.com.br/noticias/cunha-pede-para-trocar-testemunhas-de-defesa-na-lava-jato-404319.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.