Piauí

Daniel Oliveira pede desculpa e tira nome de Mandela de presídio

“Quero transmitir a vocês um pedido de desculpas, por ter usado equivocadamente o nome do pacifista e líder Nelson Mandela no presídio em Campo Maior", declarou em um vídeo, divulgado nesse domingo.

THAIS GUIMARÃES

- atualizado

Em um vídeo divulgado na manhã deste domingo (17), o secretário estadual de Justiça, Daniel Oliveira, pediu desculpas publicamente por ter colocado o nome de Nelson Mandela na Penitenciária Regional de Campo Maior, fato que gerou repercussão negativa.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Daniel Oliveira participou do lançamento do aplicativoDaniel Oliveira

Daniel Oliveira comunicou que o presídio ganhará novo nome. “Quero transmitir a vocês um pedido de desculpas, por ter usado equivocadamente o nome do pacifista e líder Nelson Mandela no presídio em Campo Maior. Esse erro foi meu e da minha equipe”, declarou o secretário.

O secretário pediu ainda sugestões de um novo nome para a unidade prisional. “Esse nome já está revogado, assinei na manhã de hoje, deste domingo, uma portaria revogando o nome de Nelson Mandela. Quero registrar esse pedido de desculpas e pedir também para que as instituições, lideranças e outras pessoas possam nos mandar ao longo desse mês de setembro novas propostas de nome”, afirmou.

Repercussão

Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul, lutou durante toda a vida pela emancipação do povo negro e pelo fim da segregação racial, o que fez com que ficasse preso por 27 anos. A iniciativa de colocar seu nome em uma penitenciária gerou muitas críticas, principalmente por parte dos movimentos sociais, por ser Mandela uma figura que lutava justamente pela liberdade, sobretudo dos negros.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB