Política

Deputado federal Rodrigo Martins ameaça deixar PSB

"Sim, eu saio do partido se isso acontecer. Não posso responder pelo PSB, mas eu não estarei ao lado do PT, essa hipótese não existe”, afirmou Martins.

GERMANA CHAVES

- atualizado

Circula na cúpula da política nacional a possibilidade de o PSB voltar a se aliar com o PT nas eleições de 2018. Se isso viesse a se concretizar, provocaria uma verdadeira crise e consequente debandada, sobretudo, nos estados em que o partido está em campo oposto aos petistas, como ocorre no Piauí.

O deputado federal piauiense Rodrigo Martins não titubeou ao ser questionado acerca do assunto e garantiu ao GP1que deixaria o PSB se fosse restabelecida a aliança com os petistas. “Sim, eu saio do partido se isso acontecer. Não posso responder pelo PSB, mas eu não estarei ao lado do PT, essa hipótese não existe”, afirmou Martins.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rodrigo MartinsRodrigo Martins

Mesmo se adiantando as possibilidades, Rodrigo informou que “não fui procurado ainda, estamos em disputa no PSB nacional, mas já deixei claro sobre minha posição de não aceitar coligação ou aproximação com PT.”

Questionado se o Democratas, que passará a se chamar Mude, seria seu destino mais provável e se já teria ocorrido alguma conversa Rodrigo respondeu: “Sim [já conversou com o DEM]. Na verdade, o melhor caminho para mim e para qualquer outro político ou cidadão, é não compor com a corrupção institucionalizada. Vale lembrar que a corrupção não é só desse governo Temer!”

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB