Política

Deputado Rodrigo Martins defende PEC do Teto dos Gastos Públicos

Ele defendeu a PEC como um mecanismo que irá reequilibrar as contas públicas.

THAIS GUIMARÃES

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada desta terça-feira (11) em Brasília, o texto-base da PEC (Proposta de Emenda à Constituição 241/16) do Teto dos Gastos Públicos, que determina um limite dos gastos do governo para os próximos 20 anos. A proposta foi aprovada, em primeiro turno, com 366 votos favoráveis e 111 contrários.

O GP1 conversou com o deputado federal Rodrigo Martins (PSB), um dos piauienses que votou a favor da emenda. Ele defendeu a PEC como um mecanismo que irá reequilibrar as contas públicas. “É apenas uma das medidas, acredito que não será a única tomada pelo Governo. Hoje, aproximadamente 80% do orçamento está sendo utilizado para pagar despesas, principalmente da dívida, e estávamos caminhando para aquilo que ocorreu nos Governos Sarney e Collor, com o aumento do desemprego e da inflação. Com essa proposta, o governo Temer mostrou que tem responsabilidade ao limitar seus gastos, não gastando mais do que tem em caixa”, declarou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Rodrigo MartinsDeputado Rodrigo Martins

Rodrigo Martins acredita que a proposta será aprovada com facilidade no segundo turno da Câmara e no Senado. O deputado encarou com naturalidade os votos contrários, em sua maioria vindos do PT, PCdoB e Psol. “O PT e o PCdo B estavam no poder até um dia desses e falharam no que diz respeito ao controle e a gestão financeira do país, é natural que eles queiram tumultuar questionar, faz parte do parlamento o conflito de ideias. Eles pensam que aumentar a dívida irá favorecer a economia, mas não vimos isso em todos esses anos em que ficaram à frente do Governo”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Deputado Rodrigo Martins defende PEC do Teto dos Gastos Públicos
http://www.gp1.com.br/noticias/deputado-rodrigo-martins-defende-pec-do-teto-dos-gastos-publicos-402664.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.