Piauí - Teresina

Detran-PI intensifica blitz da Lei Seca em Teresina

As barreiras policiais serão realizadas nas sextas-feiras e sábado, das 22h às 4h, em diversos pontos da cidade.

- atualizado

O diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), Arão Lobão, reuniu-se na manhã desta quarta-feira (15) com o prefeito de Teresina, Firmino Filho, e representantes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), Companhia Independente de Policiamento no Trânsito (CIPTran) e Policia Rodoviária Federal (PRF) para firmarem parceria na operação de fiscalização da Blitz da Lei Seca, que passará a ter maior intensidade a partir desta sexta-feira (17).

As barreiras policiais serão realizadas nas sextas-feiras e sábado, das 22h às 4h, em diversos pontos da cidade. Arão Lobão, diretor-geral do Detran, explica que a intenção é reduzir os acidentes de trânsito por alcoolemia. “A ação é um pedido do governador no intuito de evitar que motoristas que ingerirem álcool circulem pelas ruas da cidade, diminuindo assim, consequentemente, os acidentes de trânsito por conta desta combinação”, pontuou Lobão.

  • Foto: Divulgação/AscomReunião no Detran-PIReunião no Detran-PI

Em 2016, segundo a CIPTran, foram registradas 182 autuações a condutores dirigindo sob influência de álcool. Desse total, 90 foram presos por crime de embriaguez.

A Lei Seca prevê detenção do condutor, retenção do veículo, suspensão do direito de dirigir e multa de R$ 2.934,70 para o motorista que for flagrado sob o efeito de bebida alcoólica. ?

Mais conteúdo sobre: