Piauí - Teresina

Devoção à padroeira auxilia na cura do câncer de criança no PI

O GP1 ouviu o testemunho de Jakcyanne Rodrigues, de 10 anos, e da mãe dela, Rosiana Coelho. Elas falam sobre como a devoção à Nossa Senhora Aparecida ajudou no tratamento e cura do câncer da criança.

ANDRÉ DOS SANTOS

- atualizado

O dia 12 de outubro, data que homenageia Nossa Senhora Aparecida, é também um dia especial para Jakcyanne Rodrigues, de 10 anos. Desde pequena, sempre possuía uma grande devoção pela padroeira do Brasil. Porém, mal sabia ela que a sua fé seria provada em momentos muito difíceis. Isso porque em 2014, Jakcyanne descobriu um tipo de câncer que atingiu os ossos de uma das pernas, obrigando a criança a fazer uma cirurgia em Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Jakcyanne tem 10 anosJakcyanne tem 10 anos

A criança teve que deixar a cidade de Acauã, distante 474 quilômetros de Teresina, para realizar uma biópsia, que comprovou que a doença já estava no joelho. A família entrou em desespero, conta a mãe de Jakcyanne, Rosiana Coelho. “Para nós, descobrir essa doença foi uma tristeza sem fim. Nossa família ficou muito abalada. Com o tempo, aprendemos a lidar melhor com a doença, porque tivemos que nos acostumar”, conta a mãe.

A mãe conta que a fé em Deus foi um auxílio que a fortaleceu durante o tratamento da filha. “Primeiramente, Deus acima de tudo. A nossa fé foi fundamental para nós vencermos essa doença, porque a fé alimenta a gente para conseguir superar as situações difíceis nessa caminhada. Tudo o que eu passei com minha filha, eu tive a força de Deus, uma força que eu sabia que não vinha de mim mesma. Ela sofreu muito e foi essa força que me fez suportar as dores que eu via que minha filha estava sentindo”, testemunha Rosiana Coelho.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rosiana e Jakcyanne .jpgRosiana e Jakcyanne .jpg

“Eu agradeço a Deus por todo momento. Eu já era devota de Nossa Senhora Aparecida e um amigo da nossa família fez uma intenção à padroeira. Ele pediu a intercessão da mãe de Jesus pela cura da minha filha e disse que daria de presente à criança uma imagem da Virgem. Depois da melhora dela, ele foi e entregou para ela uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, que não sai mais do quarto dela”, declarou a mãe.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Rosiana é devota de Nossa Senhora de Aparecida.jpgRosiana é devota de Nossa Senhora de Aparecida.jpg

Rosiana e a filha passaram a ter uma devoção maior pela padroeira do Brasil após o tratamento de câncer de Jakcyanne. “Eu já me identificava com Nossa Senhora Aparecida, acho ela uma santa linda. Já vi muitos testemunhos relacionados a ela. Agora, a nossa fé em Deus está renovada porque só recebemos bênçãos e curas. Minha filha está aí muito bem e isso é a prova de que Deus existe”, revelou Rosiana.

Jakcyanne revelou que quer fazer mais um pedido para Nossa Senhora, na data que a homenageia. “Vou rezar à ela, para que Deus dê uma saúde para todas as crianças e adultos do mundo. No dia dela, só vamos rezar e agradecer muito”, finalizou.

Data celebrativa

Todo dia 12 de Outubro é celebrada a festa da padroeira no Brasil. Foi no ano de 1980 que o Papa João Paulo II consagrou a Basílica de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo, tornando o santuário um dos templos marianos mais visitados do mundo, capaz de abrigar até 30 mil devotos em torno do altar central. Já nas celebrações externas, a capacidade é para 300 mil. 

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Devoção à padroeira auxilia na cura do câncer de criança no PI
http://www.gp1.com.br/noticias/devocao-a-padroeira-auxilia-na-cura-do-cancer-de-crianca-no-pi-402688.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.