Piauí - Teresina

Dia da Polícia Rodoviária Federal é comemorado no MPF

Na ocasião, Welendal destacou as ações da PRF, tratou do contingenciamento orçamentário realizado pelo Governo Federal e, ainda, da possibilidade de concurso para a instituição.

THAIS SOUZA

- atualizado

Policiais são homenageados em evento da PRF

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Piauí, Welendal Leal, recebeu a imprensa na manhã desta segunda-feira (31), durante solenidade em alusão ao Dia da Polícia Rodoviária Federal, comemorado oficialmente em 24 de julho. Na ocasião, Welendal destacou as ações da PRF, tratou do contingenciamento orçamentário realizado pelo Governo Federal e, ainda, da possibilidade de concurso para a instituição.

De acordo com o superintendente, a Polícia Rodoviária Federal no Piauí está trabalhando um planejamento para realizar suas ações no estado de modo a não impactar na estrutura da PRF. “Para combustível nós precisaríamos de no mínimo de R$ 1 milhão para o ano inteiro, nossa frota está ficando velha, a manutenção onera bastante isso, mas é uma situação que deve estar sendo normalizada [...] Nós vamos ter que replanejar a forma de gasto desse recurso, para que nós possamos estar inserindo as viaturas ao longo do trecho [rodovias] para que possamos estar evitando o excesso de velocidade e ultrapassagem indevida, que são os pontos focais onde nós temos a maior ocorrência de acidentes com vítimas fatais e trazem maiores danos para a sociedade”, ressaltou.

Welendal Leal destacou a possibilidade de construção de um novo posto da PRF no estado, mas que para isso necessitaria ainda de aumento do efetivo, através de concurso público.

"Nós estamos postulando um concurso de 1.300 vagas, que está sendo negociado pela necessidade premente da polícia sobre a possibilidade de até diminuirmos, não só por falta de recursos financeiros, mas por falta de pessoal. No Piauí, hoje, já temos um recurso liberado, ao que tudo indica a bancada federal conseguiu um recurso de 2 milhões para a construção de um posto, lá no extremo sul, mas nós precisaríamos de um advento de efetivo, para mobiliar aquele posto e esse incremento de efetivo só é possível com concurso público, então, a Polícia Rodoviária Federal hoje, a exemplo de outros órgãos de segurança pública, precisa urgentemente de incremento em seus quadros. Hoje operacionalmente no Piauí, temos em torno de 200 homens e precisaríamos de um incremento de mais 300 para termos um quadro mais ideal, pelo menos para que pudéssemos empreender algumas ações mais efetivas", frisou Welendal Leal.

Histórico

Atualmente, existem mais de 450 postos da Polícia Rodoviária Federal e mais de 10 mil homens fazem parte do efetivo brasileiro. O dia da Polícia Rodoviária Federal é comemorado no dia 24 de julho. A PRF foi criada em 1928, e era denominada como Polícia de Estradas. A PRF chegou no Piauí, através de policias que existiam no Ceará. No Piauí o efetivo é composto de 345 homens.

No dia 23 de julho é comemorado o dia do policial rodoviário. O primeiro quadro de policias da PRF foi criado em 1935, e os policiais eram chamados de inspetores de tráfego. O primeiro PRF do Brasil foi o inspetor Antônio Felix, conhecido como Turquinho. Ele foi chamado para organizar as vigilâncias das rodovias do Rio Petrópolis, Rio São Paulo e de União Industrial.