Piauí - Teresina

Diretor do CEM pede exoneração após sucessivos casos de fuga

De acordo com a assessoria da Sasc, até segunda-feira será divulgado o nome do novo diretor.

THAIS SOUZA

O diretor de medidas socioeducativas da Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Sasc), capitão Anselmo Portela, que administra o Centro Educacional Masculino (CEM), localizado na zona norte de Teresina, pediu exoneração, segundo informações da Sasc. O pedido foi motivado pelos sucessivos casos de fuga e calamidade do CEM. A últma fuga ocorreu nesta madrugada (25).

A assessoria da Sasc informou que o secretário Henrique Rebelo aceitou o pedido de exoneração, e que até segunda-feira será divulgar o nome do novo diretor que irá administrar o Centro Educacional Masculino.

“Ele hoje, depois da segunda fuga, pediu a exoneração. O secretário aceitou, nós aceitamos. O secretario determinou que nós vamos procurar agora um outro oficial da Policia Militar para assumir o cargo”, informou o diretor administrativo da Sasc Francisco Kenedy.

Em uma das visitas feitas pela Ordem dos Advogados Seccional Piauí no CEM, foi identificado que são apenas oito educadores por plantão para atender uma média de 140 adolescentes. O local teria capacidade para atender até 80. O resultado são alas superlotadas, com condições insalubres, estrutura deficitária e um efetivo de policiais militares que não conseguem atender a contento.

Procurado pelo GP1 nesta sexta-feira (25), o capitão Anselmo Portela, não foi localizado para comentar o próprio pedido de exoneração.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Diretor do CEM pede exoneração após sucessivos casos de fuga
http://www.gp1.com.br/noticias/diretor-do-cem-pede-exoneracao-apos-sucessivos-casos-de-fuga-404971.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.