Economia e Negócios

Dois diretores do BNDES pedem demissão após desavenças

Saíram do banco Vinicius Carrasco, da área de planejamento e pesquisa, e Claudio Coutinho, da área de crédito e operações internacionais do banco.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Dois diretores do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pediram demissão nesta sexta-feira (07). Saíram do banco Vinicius Carrasco, da área de planejamento e pesquisa, e Claudio Coutinho, da área de crédito e operações internacionais do banco.

De acordo com informações do jornal Valor Econômico, os dois diretores deixaram o banco por desavenças com a posição do novo presidente da instituição, Paulo Rabello de Castro. Nesta sexta, o presidente do BNDES criticou a nova taxa de juros do banco.

  • Foto: UolBNDES tem prejuízo de R$ 2,174 bilhões no 1º semestreBNDES

Rabelo afirmou que essa nova taxa "pode prejudicar as empresas tomadoras de crédito na instituição ao reduzir a previsibilidade das condições dos financiamentos". Rabello assumiu o BNDES no fim de maio, após a antiga presidente, Maria Silvia Bastos, pedir demissão. A saída de Maria Silvia ocorreu dias após a divulgação da delação premiada de executivos do grupo JBS.

Mais conteúdo sobre: