Brasil

Donos da JBS entregam à PGR novos anexos para acordo de delação

Irmãos Joesley e Wesley Batista apresentaram, segundo o Jornal Nacional, documentos, relatórios e áudios de conversas.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

Os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, entregaram nesta quinta-feira (31), à Procuradoria Geral da República (PGR), novos anexos como complemento para o acordo de delação premiada.

Segundo o Jornal Nacional, há documentos, relatórios e áudios de novas gravações de conversas entre Joesley e interlocutores, incluindo políticos. As delações dos executivos da JBS causaram a maior crise política do governo de Temer, a ponto de o presidente convocar a imprensa para pronunciamentos no Palácio do Planalto.

  • Foto: Zanone Fraissat/Folhapress/ArquivoWesley (dir.) e Joesley Batista, donos da FriboiWesley (dir.) e Joesley Batista, donos da Friboi

Com base nos depoimentos, Temer foi denunciado ao Supremo Tribunal Federal pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pelo crime de corrupção passiva. Mas o STF só poderia analisar a acusação se a Câmara autorizasse. A maioria dos deputados rejeitou o prosseguimento do processo. A expectativa é que Janot oferecerá uma nova denúncia contra Temer, por outros crimes.


MAIS NA WEB