Política

Dr. Pessoa pede punição em Teresina após cassação em Valença

"TRE que cassou vários vereadores de Valença justamente por conta de candidaturas fantasmas, assim como aconteceu em Teresina”, ponderou o deputado.

GERMANA CHAVES

- atualizado

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) de julgar e cassar, nesta terça-feira (11), seis vereadores eleitos no município de Valença reascendeu o caso de Teresina. Nas eleições de 2016, o deputado estadual Dr. Pessoa (PSD), à época, adversário de Firmino Filho (PSDB) que foi reeleito para Prefeitura de Teresina, recorreu à Justiça sob alegação de que 11 partidos da coligação do tucano cometeram fraude quanto a cota de gênero.

O parlamentar afirma que algumas supostas candidaturas femininas não tiveram movimentação de campanha e outras, se quer, obtiveram um só voto, o que segundo Dr. Pessoa, seriam indícios de irregularidades.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Dr. PessoaDr. Pessoa

“Eu confio na Justiça do meu Estado e espero celeridade, sobretudo, depois da decisão do TRE que cassou vários vereadores de Valença justamente por conta de candidaturas fantasmas, assim como aconteceu em Teresina”, ponderou o deputado.

Dr. Pessoa lembrou que sua assessoria jurídica reuniu as provas necessárias e as encaminhou a Justiça há quase um ano. “Nesses 11 partidos muita gente não fez uma movimentação de campanha e não teve nem o próprio voto. Isso tudo com objetivo de alcançar a cota de gênero exigida por lei, Tudo que estou dizendo está colocado nas provas que meus advogados juntaram e levaram para a Justiça. Agora, nos esta esperar para saber a posição das autoridades”, ponderou.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB