Política

Dr. Pessoa quer título de cidadania para o promotor Rômulo Cordão

O promotor de justiça é coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que realiza investigações em parceria com outros órgãos de segurança.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

O deputado estadual Dr. Pessoa (PSD) apresentou nesta terça-feira, 5 de agosto, na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) um decreto legislativo para a concessão de título de cidadania piauiense ao promotor de justiça Rômulo Paulo Cordão.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Dr PessoaDr Pessoa

O promotor de justiça é coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que realiza investigações em parceria com outros órgãos de segurança e nos últimos dois anos foi responsável pela prisão de prefeitos e até mesmo de um ex-procurador geral de justiça acusado de desvios de recursos públicos.

Rômulo é natural da cidade de Itaporanga, na Paraíba. Se graduou em Ciências Jurídicas em 2003 pela Universidade Estadual da Paraíba. Em 2005 ele passou em concurso público para o cargo de delegado de polícia civil na Paraíba, mas no ano de 2008 ele foi aprovado e nomeado promotor de justiça do Piauí, tendo atuado em várias comarcas.

  • Foto: Thais Guimarães/GP1Rômulo CordãoRômulo Cordão

O deputado Dr. Pessoa justificou a apresentação do título de cidadania, afirmando que Rômulo “realizou investigações de grande envergadura no Estado do Piauí no combate e repressão ao crime organizado, notadamente, nos desvios de recursos públicos em municípios”, explicou.


MAIS NA WEB