Piauí - Teresina

Duas pessoas são presas por "estupro virtual" em Teresina

Foi cumprido ainda um mandado de busca e apreensão domiciliar.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, cumpriu na manhã desta sexta-feira (04), dois mandados de prisão temporária e uma busca e apreensão domiciliar. Os acusados são suspeitos de participar de um “estupro virtual”, que teria acontecido em junho deste ano.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilPolícia prende duas pessoas acusadas de estupro virtualPolícia prende duas pessoas acusadas de estupro virtual

Em nota, a Polícia Civil informou que fotografias íntimas foram tiradas sem o consentimento da vítima enquanto ela dormia. Depois um dos suspeitos criou um perfil falso em uma rede social e iniciou com a vítima um diálogo, exigindo novas fotografias íntimas mediante grave ameaça. Foi criada ainda, outra conta com fotografia de familiares da vítima, inclusive de seu filho, que é menor de idade.

  • Foto: Divulgação/Polícia CivilMaterial apreendido pela polícia civilMaterial apreendido pela polícia civil

A nota também afirma que a vítima foi obrigada a enviar fotografias praticando atos libidinosos com ela mesma, o que caracteriza crime de estupro. Segundo a Polícia Civil, esse tipo de conduta é denominada como “estupro virtual” e pode ser caracterizada como uma forma de exploração sexual ou pornográfica, em troca da preservação em sigilo de imagem ou vídeo da vítima em nudez total ou parcial, ou durante relações sexuais.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB