Política

Dudu diz que PT pode acolher os adversários arrependidos

"A gente tem que construir com quem quer construir e quem lá atrás errou, mas quer retomar o caminho de volta, será sempre bem-vindo”, disse o vereador.

GERMANA CHAVES

- atualizado

O vereador de Teresina Dudu Borges decidiu adotar um discurso pacificador quando questionado acerca da presença de lideranças políticas, que apoiaram a queda da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em atos com a presença do ex-presidente Lula, que cumpre agenda no estado do Piauí.

Dudu afirmou que, embora alguns tenham participado do “golpe”, não é prudente se "fazer política olhando para o retrovisor”: “Eu defendo o diálogo com todos. Nós não podemos fazer política olhando para o retrovisor. A gente tem que construir com quem quer construir e quem lá atrás errou, mas quer retomar o caminho de volta, será sempre bem-vindo”, disse o vereador.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Vereador Dudu Vereador Dudu

O parlamentar ainda ressaltou que embora boa parte da militância do PT tenha restrições com alguns partidos, a exemplo do PMDB e do PP, a direção petista tem o papel fundamental de apaziguar os ânimos. “Nós dirigentes temos algo em comum que é defender o diálogo com todos, mesmo diante das mágoas. Não podemos negar que lá na ponta tem muitos militantes que estão chateados com o golpe, mas nosso papel nesse momento é pacificar”, afirmou ele.

MAIS NA WEB