Piauí - Teresina

Economista recebe título de cidadã piauiense na Alepi

A homenageada, Tânia Bacelar, atuou na orientação e supervisão de doutorado e mestrado no Estado do Piauí.

THAIS SOUZA E PRISCILA CALDAS

- atualizado

Nesta quinta-feira (17), a economista Tânia Bacelar de Araújo recebeu o título de cidadã piauiense, durante solenidade na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O deputado estadual João de Deus (PT) é o autor da proposta, apresentada no último dia 27 de setembro de 2015. Professores e funcionários da universidades Estadual e Federal estiveram presentes no evento.

Em entrevista ao GP1, o parlamentar explicou o motivo da homenagem. “Ela é muito importante na economia do país, com foco no Nordeste, Piauí, no Sul do estado, por seu estudo, por sua dedicação. Ela que esteve à frente durante muito tempo, assessorando as regionais, e o Piauí ganhou muito com essa profissional nas equipes de elaboração de projetos”, afirmou João de Deus.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Deputado Estadual João de DeusJoão de Deus

"Ela é referência, sobretudo para a sociedade da economia, e com certeza para os colegas piauienses da sociologia e da geografia. Ela teve a oportunidade de orientar vários profissionais nas suas teses de mestrados e doutorados. Para nós é motivo de orgulho. É como se ela tivesse nascido no Piauí, mas não nasceu, porém existe essa possibilidade, através de decreto legislativo. Podemos agora, mostrar toda nossa gratidão por tudo que ela fez pelo Estado do Piauí, por toda sua dedicação, estudo, especialização, e políticas regionais”, complementou.

Durante discurso, a homenageada disse que, de coração, já era piauiense e que em seus vinte anos de trabalho na Sudene, bem como na Secretaria do Ministério do Desenvolvimento Regional, acompanhou o desenvolvimento do Nordeste e do Piauí.

  • Foto: Divulgação/AscomTânia Bacelar e deputado João de DeusTânia Bacelar e o deputado estadual João de Deus

Tânia Bacelar afirmou que a participação do Nordeste nos benefícios do país ainda é pequena, pois sua população é de 28% do Brasil. Ela disse reconhecer que na primeira década do presente século, as políticas sociais contribuíram para a melhoria da população nordestina, sobretudo depois da interiorização do ensino, tendo o Piauí acompanhado essas mudanças.

A sessão da Alepi foi presidida pelos deputados Themístocles Filho (PMDB) e João de Deus e teve como participantes da mesa o reitor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), professor Nolga Cardoso; do representante da Universidade Federal do Piauí (UFPI), professor Elder Nunes; do pro-reitor de Extensão da UESPI, professor Raimundo Dutra; do vice-diretor do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da UFPI, professor Carlos Sait Andrade; do representante do Conselho Regional de Economia, professor Jesus Ferreira; da economista Teresinha de Jesus Ferreira; do chefe do Departamento de Economia da UFPI, professora Romina Paradizo, como também da representante da família da homenageada, Heloísa Albuquerque.

Biografia de Tânia Bacelar de Araújo

A homenageada é natural de Recife, casada com o paraibano Alcindo Rufino de Araújo. Tem três filhos e avó de João Arthur, de 1 ano. Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Frassinetti do Recife, em 1966, tem graduação também em Ciências Econômicas pela Universidade Católica de Pernambuco (1967).

É diplomada pela Universidade de Paris, Panthéon-Sorbonne (1977), e doutorada em Econômica Pública, Planejamento e Organização do Espaço pela Universidade de Paris I, (1979). Exerceu vários cargos públicos e, atualmente, é professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco, além de sócia da Ceplan Consultoria Econômica e Planejamento.

Tânia Bacelar de Araújo tem atuação destacada em áreas de economia e planejamento, em especial para as causas do Nordeste. Por 29 anos atuou no quadro de técnicos da Sudene, de 1966 a 1995.

Atuação profissional: foi assessora técnica do Ministério do Desenvolvimento Agrário, professora visitante da Ecole des Hautes Etudes em Sciences Socieales, da França, e foi também professora da Secretaria Nacional de Políticas Regionais, além de coordenadora do Grupo de Trabalho Interministerial e encarregada de propor a recriação da Sudene e Sudam em 2003.

A economista atuou também como secretária de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente do Recife, foi diretora do Departamento de Economia da Fundação Joaquim Nabuco. De 1990 a 1995 foi secretária da Fazenda de Pernambuco. Tânia Bacelar atuou na orientação e supervisão de doutorado e mestrado, no Estado do Piauí.


Link do texto:

Economista recebe título de cidadã piauiense na Alepi
http://www.gp1.com.br/noticias/economista-recebe-titulo-de-cidada-piauiense-na-alepi-404548.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.