Piauí - Santa Rosa do Piauí

Edgar Castelo Branco diz que não há irregularidade em convênio

Edgar Castelo Branco destacou que o prefeito fez uma denúncia mesmo tendo provas de que a prestação de contas foi apresentada, apenas para lhe prejudicar.

BÁRBARA RODRIGUES

- atualizado

Em entrevista aoGP1o ex-prefeito Edgar Castelo Branco (PP) rebateu a denúncia feita pelo prefeito de Santa Rosa do Piauí, Veríssimo Antônio Siqueira da Silva (PT), de que ele não teria prestado contas de convênio firmado com Secretaria de Estado de Cultura (Secult).

O atual prefeito Veríssimo ingressou com a representação contra o Edgar no Ministério Público do Estado do Piauí, afirmando que o município está perdendo recursos por causa disso.

Edgar Castelo Branco afirmou que foi protocolada no dia 7 de junho deste ano na Secult a prestação de contas referente ao convênio de nº 79/2016 para a realização de um Festival Junino em Santa Rosa do Piauí. Já a prefeitura foi notificada sobre a apresentação da documentação no dia 26 de junho.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Edgar Castelo BrancoEdgar Castelo Branco

“A intenção dele é tirar o foco, porque existe uma insatisfação geral da população em relação a sua gestão. Ele está procurando alguma coisa para concentrar as atenções na gente. Ele não pode dizer que o município ficaria prejudicado se a prestação de contas não tivesse sido apresentada, pois era só ingressar com representação, tirar a responsabilidade dele e assim não haveria nenhum problema. Eu mesmo já fiz isso. Recebi a prefeitura toda bagunçada e ingressei na justiça e colocamos o ex-gestor para assumir a responsabilidade. Então não tem nada disso que ele diz”, afirmou.

Edgar Castelo Branco destacou que o prefeito fez uma denúncia mesmo tendo provas de que a prestação de contas foi apresentada, apenas para lhe prejudicar.

“É um absurdo dizer que está perdendo recursos. A nossa parte nos fizemos. Ele está faltando com a verdade com isso daí, eu tenho as provas. É até irresponsável de dizer isso, porque temos a cópia que enviamos para a prefeitura e o comprovante de que ela recebeu o ofício de que as contas foram apresentadas para a Secretaria de Cultura. Comprovando que eles foram informados. Aí ele faz uma coisa dessa, levantar uma denúncia por causa disso. Ele está há 10 meses de gestão e não mostrou a que veio. Aí ele faz isso para dizer que é por causa disso que não tem feito nada. Ele já chegou a colocar a má gestão da responsabilidade dele nos vereadores, porque ele tem apoio só de 4 vereadores e os outros 5 são oposição. Aí é uma maneira de tirar o dele da reta e colocar quem não tem nada haver. Até me colocando nessa situação, como se eu estivesse prejudicando a população, o que é mentira”, destacou o ex-prefeito ao GP1.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Documento comprovando que a prestação de contas foi protocolada na Secretaria de CulturaDocumento comprovando que a prestação de contas foi protocolada na Secretaria de Cultura
  • Foto: Lucas Dias/GP1Documento que mostra carimbo de recebido pela prefeitura de Santa Rosa do PiauíDocumento que mostra carimbo de recebido pela prefeitura de Santa Rosa do Piauí