Brasil

Eleição é uma das mais violentas da história, diz Gilmar Mendes

Gilmar Mendes compareceu ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo na manhã deste domingo (02).

NAYRANA MEIRELES

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes compareceu na manhã deste domingo (02), ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para acompanhar a votação paralela, por meio do sistema de auditoria de segurança das urnas eletrônicas.

O ministro afirmou que essa foi uma das eleições com mais episódios de violência da história e que isso é reflexo do aumento da insegurança no país. “Houve uma deterioração do quadro de segurança pública e isso se reflete no processo eleitoral", disse.

  • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoMinistro Gilmar Mendes Ministro Gilmar Mendes

De acordo com informações do Estadão, Gilmar disse ainda que foram feitos pedidos de força federal em mais de 400 municípios pelo país. "Sabemos que muitos desses casos têm relação com o crime organizado. A última coisa que queremos é o crime organizado envolvido com a política."

Quanto à segurança das urnas, o presidente do STF disse que a verificação paralela reafirmou a confiabilidade do sistema. "Fazemos no dia anterior um sorteio para apanhar determinadas urnas, trazemos para um ambiente controlado e fazemos essa votação, controlando o voto e o resultado. O sistema é totalmente seguro", concluiu o ministro.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB