Piauí

Estádio Deusdedith Melo é reinaugurado em Campo Maior

O Estádio pertence ao Governo do Estado, responsável pela reforma, realizada através da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi)

- atualizado

O Estádio Deusdedith Melo foi reaberto, na última sexta-feira (04), após dois anos fechado para reforma. Agora com uma nova cara, o caldeirão de Caiçarinos e Comercialinos retoma suas atividades com uma estrutura renovada e moderna.

Com capacidade para 4 mil pessoas, a reforma deu ao Deusdedith Melo um gramado com irrigação automática; iluminação para realização de jogos à noite; além da restauração geral de arquibancadas, cadeiras, cabines de rádio e vestiários. O Estádio pertence ao Governo do Estado, responsável pela reforma, realizada através da Fundação dos Esportes do Piauí (Fundespi).

  • Foto: Divulgação/AscomEstádio em Campo Maior Estádio em Campo Maior

Ao todo, foram investidos R$ 351 mil. Deste valor, R$ 204 mil foram aplicados na obra de engenharia e R$ 147 mil na iluminação de led com subestação própria, que possui capacidade de 75kva. Foi a mais ampla reforma realizada na praça esportiva nos seus 57 anos de existência.

Para o presidente da Fundespi, Paulo Martins, a reforma é motivo de muita alegria para toda a população de Campo Maior. “Fazer a recuperação do estádio em minha cidade é uma alegria dobrada. Ter uma praça esportiva motiva os times. De nossa parte, vamos fazer o que for possível para que os times profissionais voltem a dar alegria aos seus torcedores. Sempre apoiamos o amador e o profissional”, destacou.

A festa de inauguração foi abrilhantada com a Abertura do Campeonato Amador 2017, realizado pela Liga Amadora de Futebol com o apoio da Prefeitura. A solenidade contou ainda com a escolha da Musa do Campeonato Amador 2017, tendo como vencedora a estudante Debora, Pereira de 16 anos, representando o Clube União São Paulo.

A solenidade contou com a presença do Prefeito de Campo Maior, professor Ribinha, do deputado estadual Aluísio Martins, a vice-prefeita, Dra. Liége, secretários municipais, vereadores, desportistas, torcedores e lideranças locais.