Piauí - Teresina

Estudantes publicam nota de repúdio a ação de seguranças da UFPI

A nota vem a público manifestar seu repúdio ao caso de repressão agressiva e desproporcional por parte da Segurança da UFPI e da Polícia Militar do Piauí.

THAIS SOUZA E RAYANE TRAJANO

- atualizado

Nesta última quinta-feira (06), dois estudantes do curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Piauí (UFPI) foram levados para a Central de Flagrantes, após serem flagrados pela segurança fazendo um grafite em uma parede do Centro de Tecnologia (CT).

O caso gerou muita repercussão entre alunos e professores, por conta disso o Centro Acadêmico do Curso de Artes Visuais emitiu uma nota de repúdio ao fato, criticando a atitude dos seguranças da Universidade, considearada por eles como "repressão apressiva e desporporcional". 

O Centro Acadêmico afirmou ainda que, enquanto representate dos estudantes, não vai tolerar ações desse tipo por parte dos seguranças da instituição, pois os estudantes tiveram documentos e materiais de pintura apreendidos, materias esses que são utilizados no curso. 

Confira a nota na íntegra: 

O Centro Acadêmico de Artes Visuais Arnaldo Albuquerque, enquanto entidade que representa estudantes do curso de Licenciatura em Artes Visuais na Universidade Federal do Piauí (UFPI), vem a público manifestar seu repúdio ao caso de repressão agressiva e desproporcional por parte da Segurança da UFPI e da Polícia Militar do Piauí, ocorrido no dia 06/10/2016 a dois alunos do segundo período de Artes Visuais

Os alunos Matheus Guedes e Christonf Reis estavam, na tarde de ontem, grafitando no Centro de Tecnologia da UFPI quando foram agressivamente abordados por um segurança da Universidade. Foram tomadas suas carteiras de estudante, passes de ônibus e material de pintura (lembrando que são estudantes de Artes Visuais e precisam de seu material de pintura para trabalhos do próprio curso e também pessoais). O agente de Segurança disse que eles precisavam ir na Guarita de Segurança da UFPI para poder recuperar seus documentos. Chegando lá os estudantes sofreram pressão psicológica, receberam chacotas dos seguranças e foram encaminhados para a Central de Flagrantes, antes mesmo de poder falar com qualquer entidade de representação estudantil ou mesmo suas famílias. Na Central de Flagrantes, foram hostilizados pela Polícia Militar, sendo chamados de “vagabundos”, sofrendo ameaças e mais abuso psicológico. Isso tudo com os estudantes algemados, e o tempo inteiro sem reagir ou desacatar de nenhuma forma. Nós, do CARNAL, também fomos alvos de chacota e descaso ao tentar falar com a Segurança para entender o que estava acontecendo.

Depois de toda a humilhação e abuso psicológico, os estudantes foram liberados e ameaçados pelo segurança caso aparecesse algum pixo naquele local, situação que eles não têm a mínima condição de controlar.

Sabemos que desde o período das férias, nossa universidade está em processo de higienização, calando nossas expressões nas paredes em formas de pixos, grafites, lambes e desenhos. Percebemos os Agentes de Segurança da UFPI sendo extremamente hostis com estudantes em várias atitudes, desde rondar os Centros Acadêmicos a casos extremos como agredir e quebrar o dedo de estudantes. Nós, do Centro Acadêmico de Artes Visuais Arnaldo Albuquerque, enquanto órgão de representação máxima dos estudantes de Artes Visuais da UFPI, temos a responsabilidade de defender a classe estudantil e repudiar toda e qualquer forma de opressão e violência, seja ela sistêmica, racial, de gênero etc. Não vamos tolerar ver nossos amigos sendo oprimidos e humilhados dessa forma pelo simples fato de quererem expressar e fazer sua arte, independente do suporte escolhido, incluindo as paredes da UFPI. Os seguranças dessa instituição protegem os estudantes ou as paredes? Para que(m) serve a segurança da UFPI, para proteção de estudantes ou para violência e silenciamento?

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Estudantes publicam nota de repúdio a ação de seguranças da UFPI
http://www.gp1.com.br/noticias/estudantes-publicam-nota-de-repudio-a-acao-de-segurancas-da-ufpi-402512.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.