Mundo

Etiópia declara estado de emergência após onda de protestos

Governo diz priorizar a segurança da população.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado
  • Foto: Zacharias Abubecker/AFPProtesto na EtiópiaProtesto na Etiópia

O Governo da Etiópia declarou estado de emergência neste domingo (09) após vários meses de protestos violentos no país. O primeiro-ministro da Etiópia, Helemariam Desalegn disse que a prioridade é a segurança da população.

"O estado de emergência foi declarado após um profundo debate no Conselho de Ministros sobre as mortes e os danos aos bens ocorridos no país", afirmou o ministro. De acordo com informações do G1, as manifestações contra o atual governo ocorreram em diferentes partes do país deixando centenas de mortos.

"Nós colocamos em primeiro lugar a segurança de nossos cidadãos. Além disso, queremos colocar um ponto final às destruições que foram realizadas contra projetos de infraestrutura, centros de saúde, da administração e edifícios da justiça", explicou.

Mais conteúdo sobre: