Política

Ex-governador Anthony Garotinho é preso no Rio de Janeiro

Ele foi detido quando apresentava seu programa na Rádio Tupi.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O ex-governador do estado do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (13). Ele foi detido no Rio, quando apresentava seu programa na Rádio Tupi. Garotinho está sendo levado para Campos dos Goytacazes.

De acordo com informações do G1, a ordem de prisão é do juiz Ralph Manhães. Garotinho é suspeito de comandar o esquema, que de acordo com a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), trocava votos pela inclusão de famílias no programa social Cheque Cidadão.

  • Foto: André Dusek/Estadão ConteúdoAnthony GarotinhoAnthony Garotinho

O ex-governador jáhavia sido preso em 16 de novembro do ano passado por fraudes na Operação Chequinho, que apura o uso do programa social Cheque Cidadão para a compra de votos na cidade de Campos dos Goytacazes, no norte do Estado do Rio.

Depois da prisão, o ex-governador passou mal e foi levado para um hospital do Rio. De lá, foi levado à força, por decisão judicial, para uma unidade de saúde dentro do complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu. Dias depois, Garotinho conseguiu uma autorização para fazer cirurgia cardíaca em um hospital particular e, em seguida, para cumprir prisão domiciliar.

Em 24 de novembro a detenção de Garotinho foi revogada, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decretou uma fiança de R$ 88 mil, além de uma série de restrições.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB