Piauí - Piripiri

Ex-prefeito Odival Andrade é denunciado por esconder documentos

A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça Luiz Antônio França Gomes em 16 de agosto deste ano.

BRUNNO SUÊNIO

- atualizado

O Ministério Público do Estado do Piauí ofereceu denúncia contra o ex-prefeito de Piripiri, Odival Andrade, e Antônio Neres Muniz, mais conhecido como “Toinho das Máquinas” acusados de supressão de documento. A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça Luiz Antônio França Gomes em 16 de agosto deste ano.

Segundo a denúncia, uma investigação policial concluiu que o ex-prefeito Odival Andrade e "Toinho das máquinas" ocultaram, entre dezembro de 2016 e 21 de junho de 2017, na residência do ex-gestor, 65 caixas contendo arquivos/documentos diversos pertencentes à Prefeitura Municipal de Piripiri.

  • Foto: Facebook/Odival AndradeEx-prefeito Odival AndradeEx-prefeito Odival Andrade

Consta ainda que a ocultação foi realizada mediante transporte dos documentos da prefeitura para a mencionada residência, em um veículo VVV KOMBI, pelo também denunciado Antônio Neres Muniz, com o claro intuito de homiziar os referidos documentos em proveito próprio.

No dia 21 de junho, a polícia civil cumpriu mandados de busca e apreensão dos referidos documentos, ocasião em que foram apreendidas as 65 caixas de arquivos contendo os documentos levados da sede da Prefeitura Municipal de Piripiri.

Prisão

Em decorrência do cumprimento do mandado de busca e apreensão, o ex-prefeito Odival Andrade foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia, sendo foi liberado após pagamento de fiança no valor correspondente a 10 salários mínimos (R$ 9.370,00).

  • Foto: Sílvio VieraDocumentação apreendidaDocumentação apreendida

Segundo o delegado Jorge Terceiro, o sumiço dos documentos foi notado após o município ser notificado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por conta da falta de documentos, como notas fiscais e recibos de contas da prefeitura.

As buscas foram realizadas na casa do ex-prefeito e de um funcionário público. “Na residência desse outro indivíduo não foi encontrado nada, mas na casa do ex-prefeito encontraram dezenas de caixas com esses documentos originais”, explicou o delegado.


MAIS NA WEB