Política

Executivo na Odebrecht confirma apelidos de políticos em delação

A delação do ex-executivo é uma das que embasaram a abertura de 108 novos inquéritos da operação Lava Jato, pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

RAISA BRITO

- atualizado

Benedicto Barbosa da Silva Júnior, ex-executivo da Odebrecht, confirmou em delação premiada ao Ministério Público Federal os apelidos dos políticos e valores que foram pagos a eles pela construtora entre os anos de 2008 e 2014. De acordo com o delator, muitos receberam caixa 2 em campanhas eleitorais.

A delação do ex-executivo é uma das que embasaram a abertura de 108 novos inquéritos da operação Lava Jato, pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o G1, Benedicto confirmou ainda que tinha autonomia de Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo, para fazer os pagamentos, que, segundo ele, também eram feitos pelos executivos André Vital, Carlos Armando Paschoal, João Antônio Pacífico, Luís Bueno, Sérgio Neves e Valter Lana. Benedicto era o responsável por consolidar a lista e discuti-la com presidentes de outras empresas, para que não houvesse duplicidade nas doações.

Veja abaixo a lista com o beneficiário, o ano do suposto pagamento, os valores (em reais) recebidos e os apelidos de cada político:

Antonio Carlos Magalhães Neto, prefeito de Salvador - 2012 - R$ 2 milhões – Codinome Anão

Mário Kertesz, ex-candidato à prefeitura de Salvador (PMDB) - 2012 - R$ 400 mil - Codinome Roberval Feio

Nelson Pellegrino (PT-BA), deputado federal - 2012 - R$ 1,5 milhão - Codinome Pelé

Paulo Câmara (PSB-BA), vereador de Salvador - 2012 - R$ 50 mil - Codinome Amigo C

Henrique Carballal (PV-BA), vereador de Salvador - 2012 - R$ 100 mil - Codinome Buzu

Valdir Pires - 2012 - R$ 80 mil - Codinome Soneca

Tiago Correia (PSD-BA), vereador de Salvador - 2012 - R$ 60 mil - Codinome Álvaro

Geraldo Junior - 2012 - R$ 90 mil - Codinome (inaudível)

Marcelo - 2012 - R$ 300 mil - Codinome Rio

Paulinho da Força (SD-SP), deputado federal - 2010 - R$ 200 mil - Codinome Boa Vista

Roberto Freire (PPS), ministro da Cultura - 2010 - R$ 200 mil - Codinome Curitiba

Rodrigo Garcia (DEM-SP), deputado federal - 2010 - R$ 200 mil - Codinome Suíça

Fernando Capez (PSDB), deputado estadual de SP - 2010 - R$ 100 mil - Codinome Brasília

Arnaldo Jardim - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Carajás

Carlos Munhoz - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Cruzeiro do Sul

Carlios Zarattini (PT-SP), deputado federal- 2010 - R$ 50 mil - Codinome Guarulhos

Campos Machado (PTB), deputado estadual - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Tabuna

Celso Russomanno (PRB-SP), deputado federal - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Tacaré

Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto (SP) - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Ponta Porã

Edinho Silva, prefeito de Araraquara (SP) - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Cambé

Edson Aparecido - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Tupiara

João Paulo Cunha - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Santo André

José Anibal, ex-deputado e ex-presidente do PSDB - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Navegante

Vicente Candido (PT-SP), deputado federal - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Palmas

Francisco Charles - 2010 - R$ 30 mil - Codinome Campinas

José Genoino, ex-presidente nacional do PT - 2010 - R$30 mil - Codinome Natal

Ricardo Montoro (PSDB-SP), deputado estadual - 2010 - R$ 30 mil - Codinome Macapá

Beto Massafera - 2010 - R$ 30 mil - Codinome Ribeirão Preto

Eymael, ex-candidato à presidência (PSDC) - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Itatiaia

Vicentinho (PT-SP), deputado federal - 2010 - R$ 30 mil - Codinome João Pessoa

Eduardo Campos (PMDB-PE), ex-candidato à Presidência da República- 2008 / 2010 / 2012 - R$ 11 milhões - Codinome Neto

Marconi Perillo (PSDB), governador de Goiás - R$ 200 mil em 2010 e R$ 2,5 milhões em 2014 - Codinome Patati

Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), deputado federal - 2010 - R$ 700 mil - Codinome Viagra

Sergio Guerra, ex-presidente do PSDB - R$ 1,06 milhão em 2010 e R$ 450 mil em 2012 - Codinome (inaudível)

Bruno Araújo (PSDB-PE), ministro das Cidades - R$ 300 mil em 2010 e R$ 300 mil em 2012 - Codinome Jujuba

Garibaldi Alves (PMDB-RN), senador - 2010 - R$ 200 mil - Codinome Lento

Fernando Bezerra (PSB-PE), senador - 2010 - R$ 200 mil - Codinome Novilho

José Chaves - 2010 - R$ 100 mil - Codinome Chaveiro

Sandro Mabel (PR-GO), deputado federal - 2010 - R$ 50 mil - Codinome Biscoito

Inaldo Leitão - 2010 - R$ 100 mil - Codinome Cunhado

Robson Faria - 2010 - R$ 100 mil- Codinome Bonitinho

Rosalba Ciarlini (PP), prefeita de Mossoró (RN) e ex-governadora do Estado - 2010 - R$ 550 mil - Codinome Carrossel

Fabio Faria (PSD-RN), deputado federal - 2010 - R$ 100 mil - Codinome Bonito

José Roberto, ex-governador do DF - R$ 1,166 milhão - Codinome Parreira

Agnelo Queiroz, ex-governador do DF - 2010 - R$ 1 milhão - Codinome Comprido

Renan Calheiros (PMDB-AL), senador - 2010 - R$ 500 mil - Codinome Justiça

Ricardo Ferraço (PSDB-ES), senador - 2010 - R$ 400 mil - Codinome Nulo

Luis Paulo Veloso - R$ 400 mil em 2010 e R$ 100 mil em 2012 - Codinome Filhote

Marcio Lacerda, ex-prefeito de Belo Horizonte - 2012 - R$ 1 milhão - Codinome Porsche

Ideli Salvatti (PT), ex-ministra de Relações Institucionais e de Direitos Humanos - 2010 - R$ 300 mil - Codinome Fantasma

Gleisi Hoffmann (PT-PR), senadora - R$ 150 mil em 2008, R$ 450 mil em 2010 e R$ 3,5 milhões em 2014 - Codinome Amante

Yeda Crusius (PSDB-RS), deputada federal - 2010 - R$ 600 mil - Codinome (inaudível)

Beto Mansur (PRB-SP), deputado federal - 2014 - R$ 300 mil - Codinome BMW

João Paulo Papa (PSDB-SP), deputado federal - 2014 - R$ 300 mil - Codinome Benzedor

Luis Fernando Teixeira - 2014 - R$ 300 mil - Codinome Lamborghini


MAIS NA WEB