Polícia

Fábio Abreu diz que vai aumentar fiscalização contra paredões de som

"Vamos atuar mais forte ainda, não vamos parar de fiscalizar em função de nenhuma reclamação”, enfatizou.

THAIS GUIMARÃES

- atualizado

O secretário de Segurança do Piauí, Fábio Abreu, afirmou ao GP1 que a polícia vai incidir mais fortemente na fiscalização do uso de paredões de som em locais inadequados. A declaração foi dada durante a inauguração da Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente, que a partir de agora abrangerá a Delegacia do Silêncio.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Secretário Fábio AbreuSecretário Fábio Abreu

“A delegacia vai coordenar, vamos intensificar mais ainda essas ações em relação a perturbação da ordem e do sossego público. Tenho recebido reclamações de pessoas das associações de paredões, reclamando que nós estamos atuando mais forte, digo que agora nós vamos atuar mais forte ainda, não vamos parar de fiscalizar em função de nenhuma reclamação”, enfatizou.

Fábio Abreu afirmou que a Secretaria também vai atuar no sentido de orientar as pessoas, para que utilizem os paredões em locais adequados. “Se está perturbando o sossego público, está fora da normalidade, vamos trabalhar forte para coibir, e para orientar também. Se há pessoas que gostam de som, de paredão, que procurem um local específico, que construam um espaço destinado somente a quem gosta dessa atividade, mas que não interfiram no sossego das pessoas que não gostam”, finalizou.