Brasil

Fachin dá mais 5 dias para PF concluir investigação sobre Temer

Polícia Federal havia pedido ao ministro mais dez dias para concluir o inquérito porque a perícia na gravação entregue por Joesley Batista.

NAYRANA MEIRELES

- atualizado

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nessa segunda-feira (12), mais cinco dias para a Polícia Federal concluir a investigação sobre o presidente Michel Temer.

De acordo com informações do G1, com a decisão, o inquérito deve ser finalizado até a próxima segunda-feira (19), já que não será contado o fim de semana. O prazo para a conclusão do inquérito acabava nesta terça-feira (13), mas a PF pediu mais 10 dias, porque a perícia no áudio gravado por Joesley Batista, dono da JBS, não foi concluída.

  • Foto: Albery Santini/Futura Press/André Dusek/Estadão ConteúdoMichel Temer e Edson FachinMichel Temer e Edson Fachin

A defesa do presidente Michel Temer diz que a gravação é “imprestável”, foi editada e, em uma situação “normal”, jamais seria aceita. A investigação, aberta com base nas delações de executivos da JBS, apura se o presidente cometeu os crimes de obstrução de Justiça, corrupção passiva e participação em organização criminosa.