Economia e Negócios

Falta trabalho para 22,7 milhões de pessoas no Brasil, diz IBGE

O dado é o mais alto desde o terceiro trimestre de 2015, quando o indicador havia batido 5,5 milhões.

DEISE KESSLER

Nesta quinta-feira (13), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou dados que mostram que no Brasil existem cerca de 22,7 milhões de pessoas em idade produtiva que, ou não possuem trabalho ou trabalham menos do que poderiam. Este balanço é do segundo trimestre de 2016, e corresponde à soma dos desempregados, subocupados e inativos com potencial para trabalhar no país.

  • Foto: UolFalta trabalho para 22,7 milhões de pessoas, diz IBGEFalta trabalho para 22,7 milhões de pessoas, diz IBGE

De acordo com a Folha de São Paulo, em julho, a taxa de desocupação atingiu 11,3%, com 11,6 milhões de desempregados. Já no mês de agosto, o número de desempregados chegou a 12 milhões e a taxa, a 11,8%.

Os dados divulgados mostram pela primeira vez indicadores de subocupação, que são pessoas que trabalham menos de 40 horas semanais, mas gostariam de trabalhar mais. Segundo a pesquisa, 4,8 milhões de pessoas estiveram nessa condição ao final do segundo trimestre do ano. O dado é o mais alto desde o terceiro trimestre de 2015, quando o indicador havia batido 5,5 milhões.

Mais conteúdo sobre:

Link do texto:

Falta trabalho para 22,7 milhões de pessoas no Brasil, diz IBGE
http://www.gp1.com.br/noticias/falta-trabalho-para-227-milhoes-de-pessoas-no-brasil-diz-ibge-402768.html

© 2007-2016 GP1 - O Primeiro Grande Portal do Piauí. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do GP1.