Brasil

Fernandinho Beira-Mar é julgado por videoconferência no Rio

Ao todo, Fernandinho já possui 320 anos de prisão acumulados.

DEISE KESSLER

  • Foto: Henrique Coelho/G1Por videoconferência Beira-Mar é julgado por homicídioPor videoconferência Beira-Mar é julgado por homicídio

Nesta terça-feira (18), o traficante Fernandinho Beira-Mar, enfrenta mais um julgamento no Tribunal de Justiça do Rio. O julgamento é por meio de videoconferência, já que o traficante está preso no presídio federal de Porto Velho, em Rondônia. 

De acordo com o G1, a acusação dessa vez é por homicídio triplamente qualificado de Michel Anderson Nascimento dos Santos. Segundo acusação, o jovem de 21 anos foi torturado e morto em agosto de 1999, na Favela Beira-Mar, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O motivo seria seu envolvimento com uma das namoradas de Beira-Mar.

Ao todo, Fernandinho já possui 320 anos de prisão acumulados.